quarta-feira, 30 de dezembro de 2009

Drumond para você refletir neste último dia de 2009



Receita de Ano Novo


Para você ganhar belíssimo Ano Novo


cor de arco-íris, ou da cor da sua paz,


Ano Novo sem comparação como todo o tempo já vivido


(mal vivido ou talvez sem sentido)


para você ganhar um ano


não apenas pintado de novo,


remendado às carreiras,


mas novo nas sementinhas do vir-a-ser,



novo até no coração das coisas menos percebidas


(a começar pelo seu interior)


novo espontâneo, que de tão perfeito nem se nota,


mas com ele se come, se passeia,se ama, se compreende,


se trabalha,


você não precisa beber champanha ou qualquer outra birita,


não precisa expedir nem receber mensagens


(planta recebe mensagens?passa telegramas?).


Não precisa fazer lista de boas intenções

para arquivá-las na gaveta.


Não precisa chorar de arrependido


pelas besteiras consumadas


nem parvamente acreditar


que por decreto da esperança


a partir de janeiro as coisas mudem

e seja tudo claridade,


recompensa,


justiça entre os homens e as nações,


liberdade com cheiro e gosto de pão matinal,


direitos respeitados, começandopelo direito augusto de viver.


Para ganhar um ano-novo


que mereça este nome,


você, meu caro, tem de merecê-lo,


tem de fazê-lo de novo, eu sei que não é fácil,mas tente, experimente, consciente.


É dentro de você que o Ano Novo


cochila e espera desde sempre.


Texto extraído do "Jornal do Brasil", Dezembro/1997.Para encerrar, uma receita de Ano Novodada pelo poeta: Carlos Drummond de Andrade

terça-feira, 29 de dezembro de 2009

Em 2010...




Falta pouco para entrarmos em mais um ano novo, neste período as pessoas ficam mais sensíveis, repensam suas vidas seus momentos, lembram dos que já nos deixaram sentem saudades melancólicas e as vezes um certo desconforto por não ter posto em prática metas inatingíveis que foram programadas a um ano atrás...Uma coisa pretendo fazer agora em 2010, programar metas fáceis de ser atingidas, que dependam mais de mim que dos outros, que sejam a curto prazo...Exemplo amo cantar, canto no chuveiro, na rua quando to pra baixo ou pra cima coloco música me tranco no quarto e canto as vezes até com um microfone de brinquedo hehehe verdade um horror. Mas resolvi que em 2010 vou aprender a cantar então já me matriculei numa escola de música e vou fazer um curso intensivo de canto será uma realização plena se um dia eu conseguir cantar e receber palmas que não sejam só dos amigos queridos que são solidários as vezes. Viu uma meta fácil...
Outra meta é concluir meu curso de serviço social, me formar este será meu último ano e quero aproveitar para apreender tudo o que deixei pra trás neste três anos, pois agora que vejo como é importante aprofundar o conhecimento acadêmico buscar mais do que xerox de fragmentos textuais que são trabalhados em sala de aula e que limitam tanto o aprendizado, dois semestres vão passar ai virá a formatura que será a glória de 2010 e logo quero uma especialização...Vou buscar isso com veemência em 2010.
Outra meta é ter um lugar pra chamar de meu...
Um lugar que eu possa decorar com a minha cara, meu jeito que tenha poucas coisas mas que sejam minhas escolhidas por mim, que eu possa levar meus amigos para beber e dar risada, que eu possa não atender a porta quando não quiser ver ou falar com ninguém em 2010 terei dias assim todos os anos temos mesmo, um lugar que tenha o meu cheiro e que terei até um peixe de estimação porque odeio animais domésticos e peixes são ótimos companheiros... essa é uma meta para 2010...
No ano que vem espero ter muita garra para buscar conscientizar as pessoas quanto aos projetos políticos que estarão em disputa, Dilma representando a melhor alternativa por se tratar de uma mulher guerreira que suportou os horrores da ditadura mas que lutou para a democratização de nosso País e que junto a Lula, desenvolveu uma bela gestão nestes oito anos do PT a frente do País. Claro que tem muito ainda a ser feito mas somente com o projeto encabeçado pelo PT é que os brasileiros poderão ter esperança em um futuro melhor já que ainda é a melhor alternativa por se tratar de lideranças comprometidas primeiro com o interesse dos trabalhadores e do nosso povo subalternizado pelas influências neoliberais que permeiam os tramites políticos na América Latina então em 2010 Dilma, Tarso e outros companheiros honrrados serão meus objetivos enquanto cidadã militante e eleitora.
Bom mas em 2010 desejo a vcs tudo em dobro o que me desejares, desejo sonhos desejo saúde e paz. Boas festas...

sexta-feira, 11 de dezembro de 2009

Você acredita em Papai Noel?


Então é Natal...Grande Merda...

Mês de dezembro, respiramos o consumismo e o individamento alheio em nome de um espirito natalino meio cruel com os despossuídos, esses muitos mais que a classe média que perâmbula esbaforida por lojas atrás de mimos para demonstrar seu apreço aos familiares, amigos, chefes.
E aquela decoração nefasta de extremo mau gosto cafona no centro! Por favor, mais é menos ou seja pra que aquele vermelho todo? Um horror aqueles bonecões a lá Olinda, será que o responsável por aquele redevú foi importado por alguma escola de samba da segunda divisão? Chego a dar risada sosinha, quando tenho que passar no centro, aquela decoração está de tontear qualquer cidadão, pobre dos que residem ou trabalham no centro conviver com aquela poluição visual obra mal feita da Prefeitura, hehehe Mau Feito...
De qualquer modo não adianta fugir desta data, pois a comilança é inevitável, sim porque tenho a sorte de ser de uma familia que tem condições de fazer uma ceia, os amigos secretos também eu sempre entro afinal dar um presente pra um é muito mais barato do que ter que dar pra todos, é somos engolidos pelo Sr. Papai Noel.
Quando se é criança, não criança pobre mas criança criada com afeto e proteção econômica o Natal é o maximo pois sempre ganhamos presente, tem as cartinhas pro Papai Noel, tem os duendes que ficam de olho uns dois meses antes nas possiveis artes que comprometeram o presente, toda uma fantasia e espectativas sobre a Natal que com certeza alimenta bastante o imaginário infantil.
Tenho belas lembranças deste tempo, tenho muito saudade também das datas comemorativas em que tive meus avós comigo, dos abraços, das risadas enfim de um tempo feliz que já não possui mais.
Então o Natal ao meu ver é uma data triste para muitos, pois todo esses regalos que o Natal propõe são poucas as familias que podem vivenciar com paz, amor, mimos já que as familias atropeladas pelo Capitalismo desenfreado e a desigualdade social cada vez mais são engolidas pelo tempo, pela dureza nas relações, pelas angustias frente o terreno incerto do amanhã.
De qualquer modo, um Feliz Natal pra todos que diante de tais reflexões ainda acreditam em Papai Noel e na magia natalina.

domingo, 6 de dezembro de 2009

Gestão social

Outro dia vi a manchete do folhetim semanal Diário de Santa Maria, aquela ligada a RBS e que pública o que bem quer a hora que quer sobre a auditoria que foi realizada no governo Valdeci. Não que eu seja louca, mas por favor qualquer debilóide que se preze a de convir que a manchete "Valdeci terá que devolver s$ tantos reais a gestão pública"; não passa de embuste barato.
Sabemos que um gestor público não governa sólito, ele conta com acessores, secretários que irão ajudá-lo a pleitiar o aparato público institucional ao longo do período administrativo, ou seja é o gestor público que irá escolher pessoas para reger as secretárias e demais funções que compete a competência pública.
Mas devido aos governos de coalizão nem sempre esta escolha se faz de forma distinta, ou por confiança, caráter e conveniência tudo dependerá dos acordes políticos administrativos que cada gestão lançara.
Mas no fundo quem responderá públicamente por cada traço público será o gestor atual ou seja o prefeito democraticamente empossado.
Sem entrar as trativas de poder e legalidade impostas, afirmo que o companheiro Valdeci Oliveira na hora de escolher sua equipe admistrativa ( que compõe não só a companheirada mas também líderes de outros partidos aliados), teve a infeliz idéia de congratular cargos de incopetência juridica adinistrativa.
Tanto é que jamais durante o período de gestão da Frente Popular e Trabalhista, ouve um passo no terreno da ingenuidade que não fosse operacionalizado pela procuradoria geral do municipio, DRa. Any Desconzi direitista fanática!!
Então temos hoje um processo permeado de insunuações a cerca de embustres na máquina administrativa do governo passado.
Balela, não haverá nunca governo seja de esquerda direita que não sofra, afirmações de improbidade administrativa.
Valdeci ainda tem muitas oportunidades de contestar juridicamente a cerca da decisão da auditoria fiscal. Mas o que fica: são invericidades sobre processos administrativos que já se foram...Mas que resultaram de serviços qualificados de governo independentes de contratos, esses sempre autorizados pelos orgãos competentes.
Só sei que muita água ainda irá rolar por de baixo da ponte e que tenho certeza que o Sr. Valdeci Oliveira foi um excelente administrador municipal, e que ele possui todo o aparato juridico positivado para clarear suas decisões polícas administrativas.
A imprensa direitosa ao invés de instigar a gestão pública passada, deveria sim cobrar, acompanhar e denúnciar as improbidades administrativas da atual gestão!
Schirmer e Farret! Dois elegúmeros que digladiam em âmbito municipal o poder politico a cerca e municipio, um com seu legado neoliberal explicito o outro utilizando da politica da Saúde como um marco de favorecimento filantrópico, sendo que além de médico curandeiro oportucionista pleiteia uma carreira politica mamadoura,(mas os FArrezistas que tomem no Cú), já que Schirmmer têm mostrado que além de escada politica o Farret não passa de um mero clinico geral que não se qualifica e de araque.
Cadê todas aquelas promessas eleitoreiras?
Além de balões e imbustes ultra classes AA, o que mais a direita realizou?
Cadê o trabalho social do PAC?????
O shopping Popular que foi construído com o invés social, para receber os trabalhadores do mercado informal, simplesmente recebeu aparate privado e nem tem tempo de efetivar utilidade tanto que o comércio privado até já explorou o espaço "público" em feiras de natal para a classe A!
A tentemos Santamarienses...
A tentemos para as maquilagens que a atual gestão tem emplementado, não nos eludamos com as propostas de melhoras.
Queremos efetivação das politicas municipais, queremos competências e habilidades na coisa pública; é por isso que somos penalizados por altos impostos.
Não sejamos idiotas!!
Não nos conformaremos com folhetins semanais a cerca de política e governo, somos sujeitos de direitos e independente do posição política partidária que ocupa a atual gestão seremos atores, fiscalizadores, deliberativos e ainda mais instigadores de uma gestão municipal capaz de dar aporte social as demandas da sociedade Santamariense.
Ou então estaremos fardados a acompanhar a midia direitosa, que propõe opiniões nefastas sobre as coisa como estão e não as coisas como são.
A tentemos...

domingo, 29 de novembro de 2009

ACHEI POR AI E TIVE QUE PUBLICAR É PERFEITO...


Relacionamentos...

Acho que namoro, casamento, romance, tem começo, meio e fim.
Como tudo na vida!
Detesto quando escuto aquela conversa:
- 'Ah terminei o namoro...'
- 'Nossa quanto tempo?'
- ????...Mas não deu certo...Acabou'
- 'É não deu...?
Claro que deu! Deu certo durante(...), só que acabou.
E o bom da vida, é que você pode ter vários amores.
Não acredito em pessoas que se complementam. Acredito em pessoas que se somam.
Às vezes você não consegue nem dar cem por cento de você para você mesmo, como cobrar cem por cento do outro?
E não temos essa coisa completa.
Às vezes ele é fiel, mas não é bom de cama.
Às vezes ele é carinhoso, mas não é fiel.
Às vezes ele é atenciose, mas não é trabalhador.
Às vezes ele é malhado, mas não é sensível.
Tudo nós não temos.
Perceba qual o aspecto que é mais importante e invista nele.
Pele é um bicho traiçoeiro.
Quando você tem pele com alguém, pode ser o papai com mamãe e mais básico que é uma delícia.
E às vezes você tem aquele sexo acrobata, mas que não te impressiona...
Acho que o beijo é importante... E se o beijo bate... Se joga... Se não bate... Mais um Martini, por favor... E vá dar uma volta.
Se ele ou ela não te quer mais, não force a barra.
O outro tem o direito de não te querer.
Não lute, não ligue, não dê pití.
Se a pessoa ta com dúvida, problema dela, cabe a você esperar ou não.
Existe gente que precisa da ausência para querer a presença.
O ser humano não é absoluto. Ele titubeia, tem dúvidas e medos, mas se a pessoa REALMENTE gostar, ela volta.
Nada de drama.
Que graça tem alguém do seu lado sob chantagem, gravidez, dinheiro, recessão de família?
O legal é alguém que está com você por você.
E vice versa.
Não fique com alguém por dó também.
Ou por medo da solidão.
Nascemos sós. Morremos sós. Nosso pensamento é nosso, não é compartilhado.
E quando você acorda, a primeira impressão é sempre sua, seu olhar, seu pensamento.
Tem gente que pula de um romance para o outro.
Que medo é este de se ver só, na sua própria companhia?
Gostar dói.
Você muitas vezes vai ter raiva, ciúmes, ódio, frustração.
Faz parte. Você namora um outro ser, um outro mundo e um outro universo.
E nem sempre as coisas saem como você quer...
A pior coisa é gente que tem medo de se envolver.
Se alguém vier com este papo, corra, afinal, você não é terapeuta.
Se não quer se envolver, namore uma planta. É mais previsível.
Na vida e no amor, não temos garantias.
E nem todo sexo bom é para namorar.
Nem toda pessoa que te convida para sair é para casar.
Nem todo beijo é para romancear.
Nem todo sexo bom é para descartar. Ou se apaixonar. Ou se culpar.

É isso aí, quem disse que seria fácil...????

sexta-feira, 27 de novembro de 2009

QUER MANDAR O AZAR EMBORA: ENTÃO COME UMA NEGUINHA.

EU OUVI UM ABSURDO DESSES OUTRO DIA, DE UMA PESSOA MUITO ESTIMADA FIQUEI CHOCADA COM ESSA COLOCAÇÃO, E MAIS CHOCADA AINDA COM O QUE ESTE TIPO DE FRASE PODE PESAR PARA ALGUMAS PESSOAS A PONTO DE DIZER UMA BARBARIDADE DESTAS. eM OUTROS TEMPOS sabemos as humilhações que as pessoas negras sofrerão com decorrencia de um processo histórico de preconceito, estigmatização e desigualdade. As mulheres negras então, regularmente eram estrupadas por pessoas que buscando se livrar de azar e que desculpa esfarrapada investiam sexualmente contra uma negra. Diferenciar as pessoas, estereotipar por etnia, credo, que acontecesse a anos atrás até eu ingulo mas hoje. Pessoas inclusive das minhas relações reproduzir oralmente um absurdo destes é inaceitável. Mas to falando tudo isso, porque semana passada tivemos o dia da consciência negra e um resgate de toda a cultura irraigada a este povo que hoje tem muito o que comemorar, já que o reconhecimento e o respeito foram legitimados e positivados com mecanismos legais que de conta de frear desrespeito, humilhação, preconceito e até mesmo crendices populares idiotas como esta do azar.De qualquer modo penso que nosso povo, negro ainda tem muito o que lutar, reinvindicar fazer valer as politicas sociais por segmento que de conta de compensar toda a barbarie que pessoas sofrerão e sofrem ao longo dos tempos.

terça-feira, 29 de setembro de 2009

Eu aborto. Você aborta. Somos todas criminosas!!

Confira a íntegra Manifesto contra a criminalização das mulheres que praticam o aborto e em defesa dos Direitos das Mulheres:

"Centenas de mulheres no Brasil estão sendo perseguidas, humilhadas e condenadas por recorrerem à prática do aborto. Isso ocorre porque ainda temos uma legislação do século passado ? 1940 ?, que criminaliza a mulher e quem a ajudar.

A criminalização do aborto condena as mulheres a um caminho de clandestinidade, ao qual se associam graves perigos para as suas vidas, saúde física e psíquica, e não contribui para reduzir este grave problema de saúde pública.

As mulheres pobres, negras e jovens, do campo e da periferia das cidades, são as que mais sofrem com a criminalização. São estas que recorrem a clínicas clandestinas e a outros meios precários e inseguros, uma vez que não podem pagar pelo serviço clandestino na rede privada, que cobra altíssimos preços, nem podem viajar a países onde o aborto é legalizado, opções seguras para as mulheres ricas.

A estratégia dos setores ultraconservadores, religiosos, intensificada desde o final da década de 1990, tem sido o ?estouro? de clínicas clandestinas que fazem aborto. Os objetivos destes setores conservadores são punir as mulheres e levá-las à prisão. Em diferentes Estados, os Ministérios Públicos, ao invés de garantirem a proteção das cidadãs, têm investido esforços na perseguição e investigação de mulheres que recorreram à prática do aborto. Fichas e prontuários médicos de clínicas privadas que fazem procedimento de aborto foram recolhidos, numa evidente disposição de aterrorizar e criminalizar as mulheres. No caso do Mato Grosso do Sul, foram quase 10 mil mulheres ameaçadas de indiciamento; algumas já foram processadas e punidas com a obrigação de fazer trabalhos em creches, cuidando de bebês, num flagrante ato de violência psicológica contra estas mulheres.

A estas ações efetuadas pelo Judiciário somam-se os maus tratos e humilhação que as mulheres sofrem em hospitais quando, em processo de abortamento, procuram atendimento. Neste mesmo contexto, o Congresso Nacional aproveita para arrancar manchetes de jornais com projetos de lei que criminalizam cada vez mais as mulheres. Deputados elaboram Projetos de Lei como a ?bolsa estupro?, que propõe uma bolsa mensal de um salário mínimo à mulher para manter a gestação decorrente de um estupro. A exemplo deste PL existem muitos outros similares.

A criminalização das mulheres e de todas as lutas libertárias é mais uma expressão do contexto reacionário, criado e sustentado pelo patriarcado capitalista globalizado em associação com setores religiosos fundamentalistas. Querem retirar direitos conquistados e manter o controle sobre as pessoas, especialmente sobre os corpos e a sexualidade das mulheres.

Ao contrário da prisão e condenação das mulheres, o que necessitamos e queremos é uma política integral de saúde sexual e reprodutiva que contemple todas as condições para uma prática sexual segura.

A maternidade deve ser uma decisão livre e desejada e não uma obrigação das mulheres. Deve ser compreendida como função social e, portanto, o Estado deve prover todas as condições para que as mulheres decidam soberanamente se querem ou não ser mães, e quando querem. Para aquelas que desejam ser mães devem ser asseguradas condições econômicas e sociais, através de políticas públicas universais que garantam assistência a gestação, parto e puerpério, assim como os cuidados necessários ao desenvolvimento pleno de uma criança: creche, escola, lazer, saúde.

As mulheres que desejam evitar gravidez devem ter garantido o planejamento reprodutivo e as que necessitam interromper uma gravidez indesejada deve ser assegurado o atendimento ao aborto legal e seguro no sistema público de saúde.

Neste contexto, não podemos nos calar!

Nós, sujeitos políticos, movimentos sociais, organizações políticas, lutadores e lutadoras sociais e pelos diretos humanos, reafirmamos nosso compromisso com a construção de um mundo justo, fraterno e solidário, nos rebelamos contra a criminalização das mulheres que fazem aborto, nos reunimos nesta Frente para lutar pela dignidade e cidadania de todas as mulheres.

Nenhuma mulher deve ser impedida de ser mãe. E nenhuma mulher pode ser obrigada a ser mãe.

Por uma política que reconheça a autonomia das mulheres e suas decisões sobre seu corpo e sexualidade.

Pela defesa da democracia e do principio constitucional do Estado laico, que deve atender a todas e todos, sem se pautar por influências religiosas e com base nos critérios da universalidade do atendimento da saúde!

Por uma política que favoreça a mulheres e homens um comportamento preventivo, que promova de forma universal o acesso a todos os meios de proteção à saúde, de concepção e anticoncepção, sem coerção e com respeito.

Nenhuma mulher deve ser presa, maltratada ou humilhada por ter feito aborto!

Dignidade, autonomia, cidadania para as mulheres!

Pela não criminalização das mulheres e pela legalização do aborto!

Frente pelo Fim da Criminalização das Mulheres e pela Legalização do Aborto"

segunda-feira, 14 de setembro de 2009

Estou viva...e bem...mui biem


Estava sem saco para alimentar este espaço, pois estou em estagio curricular e ai tenho relatórios, diários e ainda estudar outras coisas então não escrevi nada durante este tempo. Sabe algo que tenho prestado atenção e me policiada é sobre inconformidade com meus miseros problemas...
Pois, na minha area tenho acompanhado familias com problemas reais e bem mais complexos que o meu, como a fome, doenças, miséria, desemprego, subemprego entre outras mazelas sociais.
Ai diante dessas pessoas que buscam no atendimento do serviço social um alento, uma direção percebo o quanto um assistente social é importante para transformar a realidade daquelas familias.
Passa pelo uma escuta sensivel, o acolhimento o encaminhamento que é quando informamos onde as pessoas podem buscar seus direitos sociais, acessibilidade as informações sobre serviços, programas politicas públicas...
Então é lá no espaço do serviço social, que acompanhamos o cotidiano das familias as vezes vitimas de violencia social, pois passar fome é uma violência terrivel, ter de abandonar os filhos a sorte para ir catar material longe de casa e depois vender por 30 centavos o kg do plastico é uma violencia, buscar atendimento nas uniodades da saúde e ter um atendimento precario em menos de três minutos é uma violencia...
e é a nossa realidade enquanto sujeitos de uma sociedade capitalista, individualista onde quem pode pode e quem não pode se sacode, definha, rouba, cai nos vicios fica a margem da sociedade.
Mundo cruel esse nosso, mas é meu objeto de trabalho a tal da questão social que tanto custamos a compreender em salas de aula e que não precisamos ir muito longe para vislumbrar tais barbaridades.
Mas ainda sobre meus estagios, estão ótimos volto de ônibus agradecendo sempre por tudo o que tenho e que conquisto, agradecendo sei lá a quem pois minha fé já não mais existe. Só sei que to no lugar certo, na graduação certa e na profissão certa: assistente social...

quarta-feira, 12 de agosto de 2009

segunda-feira, 10 de agosto de 2009

O circo está armado no Rio Grande do Sul


De acordo com a governadora do estado YEDA CRUSIUS a mais "alta autoridade "no RS todas as provas e a atual ação civil por improbidade administrativa sendo ismiuçada na Comarca de Santa Maria não passa de um circo politico para desestabilisar o governo e respingar lama no pleito de 2010. Ora por favor povo gaúcho, a governadora está debaixo do cú da cobra frente a tantas denúncias e lógico todas ou boa parte delas com fundo de verdade; pois os procuradores do estado não iriam criar uma situação arrebatodora em um periodo em que o governo não está nem um pouco estavel, já que temos acompanhado tantas entidades se opondo ao atual governo.

Mas esta ação civil de improbidade administrativa que tem 1200 paginas detalhando a participação da governadora no esquema do DETRAN para custear sua campanha e também a compra da tal mansão onde ela reside, um absurdo no RS vivermos tal situação o povo gaúcho precisa ter em seu governo alguém que tenha condições éticas morais para governar este periodo, sabemos do sucateamento da educação por esse governo, sabemos que os movimentos sociais foram altamente discriminados por esse governo e agora aparece este monte de sujeira sobre os tapetes do Piratine e já ouvimos que é desde o tempo do Rigotto...

Um absurdo! Mas esperamos que esta ação tenha o resultado que nós gaúchos merecemos que é de ter um governo confiável, que possamos enterrar esta governadora sob as paginas de um RS enchovalhado mas que irá dar a volta por cima e que os cidadão consiga ser bem representado em 2011 com o TARSO governador e o PT reerguendo o Rio Grande do Sul.

quarta-feira, 22 de julho de 2009

Estatuto do Homem(ato institucional permanente) Thiago Mello/1964

Artigo 1: Fica decretado que agora vale a verdade, que agora vale a vida, e de mãos dadas marcharemos todos pela vida verdadeira.
Artigo2: Fica decretado que todos os dias da semana, inclusive as terças feiras mais cinzentas, têm direito a converter-se em manhãs de domingo.
Artigo 3: Fica decretado que a partir deste instante, haverá girassóis em todas as janelas que os girassóis terão direito a abrir-se dentro da sombra, e que as janelas devem permanecer o dia inteiro, abertas para o verde onde cresce a esperança.
Artigo 4: Fica decretado que o homem não precisará nunca mais duvidar do homem. Que o homem confiara no homem como a palmeira confia no vento, como o vento confia no ar, como o ar confia no campo azul do céu. Paragrafo único o homem confiará no homem como um menino confia noutro menino.
Artigo 5: Fica decretado que os homens estão livres do julgo da mentira. Nunca mais será preciso usar a couraça do silêncio nem a armadura de palavras. O homem se sentará a mesa com seu olhar limpo porque a verdade passará a ser servida antes da sobremesa.
Artigo 6: Fica estabelecida durante dez séculos, a pratica sonhada pelo profeta Isaías, e o lobo e o cordeiro pastarão juntos e a comida de ambos terá o mesmo gosto de autrora.
Artigo 7: Por decreto irrevogável fica estabelecido o reinado permanente da justiça e da claridade, e a alegria será uma bandeira generosa para sempre desfraldada na alma do povo.
Artigo 8: Fica decretado que a maior dor sempre foi e sempre será não poder dar-se amor a quem se ama e saber que é a água que dá a planta o milagre da flor.
Artigo 9: Fica permitido que o pão de cada dia tenha no homem o sinal de seu suor. Mas que sobretudo o quente sabor da ternura.
Artigo 10: Fica permitido a qualquer pessoas, qualquer hora da vida, uso do traje branco.
Artigo 11: Fica decretado por definição, que o homem é um animal que ama e por isso é belo, muito mais belo que a estrela da manhã.
Artigo 12: Decreta-se que nada será obrigado nem proibido, tudo será permitido, inclusive brincar com os rinocerontes e caminhar pelas tardes com uma imensa begônia na lapela.
Parágrafo único: Só uma coisa fica proibida: amar sem amor. Fica decretado que o dinheiro nunca mais poderá comprar o sol das manhãs vindouras. Expulso do grande baú do medo, o dinheiro se transformará em uma espada fraternal para defender o direito de cantar e a festa do dia que chegou.
Artigo Final: fica proibido o uso da palavra liberdade, a qual será suprimida dos dicionários e do pântano enganoso das bocas.
A partir deste instante a liberdade será algo vivo e transparente como um fogo ou um rio, e a sua morada será sempre no coração do homem.

terça-feira, 21 de julho de 2009

Férias e Filmes...

Férias e filmes que combinação agradavel, quando se é pobre e não pode viajar pra Gramado hehehe...Mas fazer o que ?tenho aproveitado muito meus dias tenho lido livros ótimos como Nunca Desista de seus sonhos do Augusto Cury e o Colecionador de John Fowles e também tenho curtido muito minha cama durmo até o cú fazer bico...como diria minha amada avó...
Mas entre tantas coisas tenho aassistido a filmes...ainda mais agora que eu descobri como baixar filmes e assistir sem pagar nada...coisa boa né? é assisti dois ótimos filmes esta semana e hj só é terça feira imaginem a beleza um nacional pq as produções nacionais tem sido perfeitas né vi o Divã que conta a estória de uma mulher normal que resolve ir ao analista por curiosidade e a partir disto ela conta sua vida em estórias e dramas com bom humor como a familia o divórcio, novos namorados, traições muito legal já vi duas vezes e ainda vou ler o livro ou ver a peça teatral.
Outro filme indiando muito massa é Quem quer ser um milionário? Bom bom e bom, filme rico cheio de estórias com uma estórinha de amor claro e estilo o show do milhão; onde a cada pergunta o carinha se recorda uma vivência muitas vezes dura ou engraçada e responde a questão. Um filmão e tem dançinha no final, os indianos adoram dançinha né, queria ver se a novela Caminho das Indias ousassem retratar metade dos problemas sociais que existem naquela região o filme mostrou vários, como a exploração infantil a violência em nome da religião, a corrupção policial muito legal.
Fica aqui minhas dicas de filme e de livros se você como eu não tem viajens ou programas mais interessantes para as férias.

segunda-feira, 20 de julho de 2009

Amigos


Imaginem só se esta data tivesse o mesmo poder comercial de tantas outras que foram criadas para vender presentes. Mãe só tem uma, pai também namorados oficialmente um só mas amigos ô se fosse comprar um mimo pra cada um eu ficaria negativada no banco...

Mas cada pessoa que considero amigo tem uma estória especial na minha vida, a maioria das pessoas que considero amigos verdadeiros e que eu amo infelizmente eu não tenho tanto contato como eu gostaria. Ou foram embora, ou constituiram familias ,ou ainda brigaram e não aceitaram minhas desculpas ,mas igual o seu lugar especial estará sempre guardado.

Até porque hoje só me dou conta daquela verdadeira amizade porque tem me feito falta...

Mas existem muitos tipos de amigos como os coloridos um esses são legais geralmente bonitos atenciosos cheirosos ; mas quando aparece alguém mais sério ai ele sai da nossa vida.

Tem os amigos de balada aqueles confirmados e que você encontra sempre no agito, vc ou ele tem altas estórias de beberagens e de festas boas e ruins afinal amigo passa por muitos momentos na vida sem filtrar só as coisas legais.

Existem aqueles amigos muitas vezes mais velhos que a gente sente necessidade de procurar pra fazer uma consulta, pedir um conselho.

Existem aqueles amigos também os virtuais hum de orkut que vc só fica sabendo se tá bem ou não pela internet e que normalmente parecem bem pq no meio virtual se pode mentir sempre...

Tem os amigos de ocasião que são aqueles que em determinados periodos da vida foram intensos, tiveram ali mas por motivo ou outro se perderam e hoje deixam só boas lembranças.

Existe a familia que temos e que consideramos amigos ; os primos especialmente em que compartilhamos momentos especiais na infancia mas que agora já cresceram e só se encontram em festas ou velórios na familia.

E existem aqueles amigos de sempre aqueles que pode passar anos e quando vc o encontra percebe que nada mudou, esses eu adoro e tenho vários como o Dalto, a Sandra, a Graciane a Paulinha a Catiúscia entre outros que me fazem ver o quanto ter amigos verdadeiros vale a pena...

Tenho amigos companheiros, sim todos aqueles que compartilham da mesma paixão pela estrela do PT e que a cada dia que passa me fazem perceber que lutar pelo que se acredita é positivo e vale a pena.

Tem os amigos dos amigos aqueles que através de um amigo a gente conhece e acaba ficando amigo também.

Tem os amigos colegas aqueles que nos relacionamos na aula no trabalho e que vivenciamos o aprendizado diário, que contamos estórias e abraçamos sem pestanejar.

Mas enfim é muito bom ter amigos e conservar e fazer mais amigos, assim vamos vivendo e ampliando nossa vida social, vamos trocando idéias e fazendo a nossa vida mais feliz e completa.

Obrigada a todos os amigos que fazem parte da minha vida!!!!

sexta-feira, 17 de julho de 2009

www.garapaofilme.com.br

Você tem fome de quê??GARAPA


Um soco na boca do estomâgo, esta é a nitida sensação após assistir ao filme "GARAPA "de José Padilha o mesmo diretor de Tropa de Elite e do ônibus 174. É um filme que retrata a fome pela ótico de quem enfrenta este problema no seu cotidiano, pessoas num universo de mais de 900 milhões de pessoas que passam fome no mundo esta pelicula retrata o caso de três familias no interior do Ceára (Brasil), é um documentário em preto e branco sem graça como a miséria no mundo. é a estória real de pessoas, crianças adultos enfim seres humanos que estão fadados a morte porque não tem nada para comer as vezes só a Garapa? VC sabe o que é isso? é uma mistura de agua com açucar que as pessoas comem para engambelar a fome! Nada lindo né... Pois é o filme ainda mostra uma familia a da Sra. Rosa que recebe o bolsa familia e o impacto deste beneficio na vida de uma familia vulnerável, adorei pois aqueles de pança cheia no alto de seus apartamentos que vivem falando mal deste programa de transferencia de renda dizendo que faz parte de um reduto eleitoral; após este filme no minimo irão repensar seus conceitos.

E isso que este filme convida as pessoas a repensarem seus conceitos, quantos seres humanos ainda terão que morrer de fome para que este problema seja de fato enfrentado pela nossa sociedade selvagem. Quantos governos e olha que este atual ;em termos do enfrentamento da insegurança alimentar é o único que está dando conte de mudar algumas realidades neste nosso país tão desigual. Garapa é um documentário que deveria ser transformado em novela das 8 para que todos enxergassem a tristeza de um pai em não ter o que dar de comer a um filho e que encontra na bebida o único consolo por ter sido um pai fraco.

Porém a culpa não são desses pobres diabos e sim de pessoas como eu que vivem suas lindas vidinhas mediocres inconformados com probleminhas basicos que se cessaram logo; muito diferente da fome e da miséria do mundo...

quinta-feira, 16 de julho de 2009

MILK a voz da igualdade


Que eu adoro o assunto diversidade todos que me conhecem sabem...

Tive o prazer de assistir ao filme Milk a voz da igualdade ontem, ele é um drama com genero bibliografico que fala sobre a estória de Harvey Milk, um gay que ousou em 1970 sair do armario, onde na sociedade da época faziam a verdadeira caça as bruxas aos homossexuais com direito até mesmo a prisão.

Milk era um cara que lutou no movimento da diversidade para que os homossexuais tivessem os seus direitos constituidos e respeitados, foi o primeiro politico gay assumido a ser eleito na Califórnia.

É um filme que muita gente preconceituosa deveria assistir e refletir, já que mesmo vivendo no século 21 temos muitas pessoas homofóbicas e que refletem a intolerância a diversidade...

Fica aqui minha dica para um ótimo documentário, inteligente, politico e que nos mostra o quanto a luta por respeito e dignidade passa por pessoas comuns que ousam lutar contra o que está posto e encontram em sua luta muitos companheiros que não perderam a capacidade de se indignar com o conservadorismo tradicional e a luta pela igualdade.

Essa música diz tudo...


Sutilmente

Skank


E quando eu estiver triste

Simplesmente me abrace

Quando eu estiver louco

Subitamente se afaste

Quando eu estiver fogo

Suavemente se encaixe

E quando eu estiver triste

Simplesmente me abrace

E quando eu estiver louco

Subitamente se afaste

E quando eu estiver bobo

Sutilmente disfarce

Mas quando eu estiver morto

Suplico que não me mate, não

Dentro de ti, dentro de ti

Mesmo que o mundo acabe,

enfim

Dentro de tudo que cabe em ti

segunda-feira, 6 de julho de 2009

Um novo mundo é possivel? Para Schirmmer não!!!!

Brasil. RS. Santa Maria. Capital da Economia solidária, Santa Maria prova que a reinvenção da economia tem mudado a vida de todos os seus habitantes, em poucos anos a solidariedade santamariense mostrou a beleza de um novo modelo de associativismo: a Economia Solidária.
A economia solidária em nossa cidade fez com que a comunidade repenssa-se as formas de combate a fome e encontrasse novas formas de inclusão social, as feiras solidárias, os catadores reciclando, não apenas materiais jogado fora, mas reciclando a cidadania, são alguns dos exemplos da efetividade deste tipo de economia.
Segundo Dom Hélio Hubert bispo diocesano de Santa Maria a economia solidária tem como finalidade promover, divulgar e fortalecer a rede de empreendimentos solidários e também autogestionários, atingindo a pessoa, a familia a comunidade e toda a sociedade. É importante pois abre para o aspecto comunitário, possibilitando mudanças de mentalidade o posicionamento perante a economia e um desenvolvimento que integra mais pessoas e grupos de modo especial os mais pobres e que de certa forma são marginalizados pela sociedade.
Para a irmã Lourdes Dill do Projeto esperança e cooesperança, a economia solidária é um movimento de construção de um novo modelo de desenvolvimento sustentável e contrapõe o capitalismo, a globalização, a concentração de renda e a exclusão social.
A economia solidária é hoje devido ao governo LULA uma politica, através das SENAIs secretária nacional de economia solidária uma alternativa contra o desemprego estrutural, já que a economia solidária hoje organiza o trabalho e não o emprego, dentro deste viés o importante é produzir coletivamente, fazer a auto gestão de seu trabalho e dividir o fruto deste, diferente do capitalismo que concentra o lucro.
A feira da Economia solidária para o nosso ex prefeito da Cidade Valdeci Oliveira que sempre apoiou por entender que esta feira é a consolidação do cooperativismo ,é a consolidação de que é possivel a organização dos trabalhadores urbanos e rurais e que acredita que somente organizados de forma coletiva os trabalhadores poderão construir um novo mundo uma nova sociedade.
Nos dias, 10, 11, e 12 de Julho a Feira da economia solidária estava na agenda do mundo inteiro, já que Santa Maria recebe mais de 200 mil pessoas para participar deste evento.
A nova administração municipal, Schirmmer e Farret de posse de suas atribuições e utilizando a desculpa da Gripe H1n1, cancelou este evento, sendo que já tinham até mesmo autorizado legalmente a feira.
Vejo isto como um tiro no próprio no pé dessa direita fascista, já que nosso municipio atestou não dar conta de possiveis casos desta doença na cidade, os povos do mercosul já haviam sido desconvidados e comprenderam o receio da cidade em receber povos onde está doença já fez bastante vitimas. Mesmo assim a administração municipal boicotou a feira!
Um absurdo ja que este evento movimenta muita gente e projeta nossa cidade para o cenario mundial.
Se a administração barra a FEICOOP deveria barrar todos os outros eventos que terão acumulo de gente na cidade, a gripe é um fato consumado e de algum jeito estamos expostos a ela, mas ao municipio cabe dar conta deste problema de saúde já que ele vem se alastrando diaramente.
Sabemos que esta intervenção e o cancelamento da feira é uma jogada politica do prefeito atual, pois ele não respeita a organização do povo, não respeita os pequenos ele simplesmente passa por cima de um projeto que ja estava consolidado em nossa cidade.
O que vai acontecer? O minimo é a Feira da economia solidária rumar para outro municipio, muitos ja até convidaram por ser simpaticos a este projeto e esta nova visão de mundo, é a administração municipal tentando desfazer tudo de bom que a administração do PT construiu para o povo santamariense ao longo dos oito ultimos anos de governo do PT na nossa cidade.

segunda-feira, 29 de junho de 2009

Boas noticias para o Serviço Social

Saiu no Jornal o Estadão:

O mercado de trabalho para assistentes sociais vem sendo gradativamente ampliado nos últimos cinco anos no Brasil. “É um reflexo direto da evolução das políticas públicas”, diz a assessora especial do Conselho Federal do Serviço Social (CFESS), Ana Cristina Abreu. É resultado do que Cristina chama de “evolução” das políticas públicas com, por exemplo, a instalação, a partir de 2005, do Sistema Único de Assistência Social (Suas), que, a exemplo do SUS, municipaliza as ações na área.
O impacto do Suas no mercado de trabalho ocorre com a criação de postos de atendimento municipais. Desde 2005, segundo o Ministério de Desenvolvimento Social e Combate à Fome, que coordena os trabalhos, foram criados 5.142 centros de referência de assistência social (Cras) e outros 1.434 centros de referência especializados. Cada um deles emprega ao menos dois assistentes sociais.
Há ainda a ampliação da demanda nos Núcleos de Atendimento à Família (Naf) e nos Centros de Atenção Psicossocial (Caps), na Saúde. O Caps substitui as internações em sanatórios de doentes mentais e é reflexo da evolução na política de atendimento dessa população.
Como o Suas e o SUS municipalizaram as ações, as vagas estão concentradas nas prefeituras, mas há movimentação grande também em autarquias e nos poderes públicos federais. “Um relatório feito por um grupo de trabalho interministerial em 2007 apontava para a necessidade de contratação de 1,6 mil assistentes sociais pelo Instituto de Previdência Social, apenas para garantir acesso da população à reabilitação profissional”, conta a presidente do Conselho Regional de Serviço Social de São Paulo (Cress-SP), Áurea Fuziwara. A Previdência realizou concurso no ano passado, depois de uma lacuna de 30 anos, mas chamou apenas 886, dos 1,6 mil necessários.
Situação semelhante é encontrada no Poder Judiciário - um dos maiores empregadores do setor e o que oferece os melhores salários, segundo Ademir Silva, professor de Política Social da PUC-SP -, obrigado a ampliar as vagas pelo Estatuto da Criança e do Adolescente (ECA).
“O estatuto determina a criação de um grupo interdisciplinar, com profissionais como psicólogos e assistentes sociais, que devem subsidiar o trabalho do juiz”, explica Áurea.
Com a publicação no ano passado de uma resolução do Conselho Nacional de Justiça determinando a contratação desses profissionais, foi realizado um concurso público. “O Judiciário, no entanto, ainda não convocou os profissionais alegando falta de recursos”, conta Áurea.
EMPREGO PÚBLICO - Pesquisa realizada em 2005 pelo CFESS mostra que mais de 80% dos então 74 mil assistentes sociais com registro no conselho estavam empregados em postos do poder público; de 6% a 7% nas Organizações Não-Governamentais (ONGs) - um campo de trabalho crescente -; e outros 10% nas empresas privadas, que também estão ampliando as vagas no setor em função da adoção de políticas de sustentabilidade, que envolvem ações de responsabilidade social. O assistente social é, portanto, basicamente um “funcionário público”, e Cristina diz que é assim que deve ser. “Nossa missão é garantir o cumprimento dos direitos do cidadão, conscientizá-lo desses direitos e ajudá-los a se organizar coletivamente. Portanto, o campo de trabalho sempre estará centrado no poder público”, explica.
O conselho deve iniciar uma nova pesquisa nesse sentido, para atualizar os dados, mas Cristina não acredita que essa proporção tenha mudado significativamente, mesmo com a ampliação das atividades de ONGs e das empresas na área. “Teremos, sim, aumento considerável no número de profissionais registrados”, diz.
Até setembro de 2008, o CFESS tinha 84 mil assistentes sociais registrados, sendo 22 mil deles apenas no Estado de São Paulo. “Hoje, esse número deve ter aumentado em pelo menos 3 mil novos profissionais ou mais”, diz.
O número de registros é usado pelo conselho como um termômetro do mercado, já que, para trabalhar, o assistente social precisa dele, por determinação legal. “Em geral os profissionais buscam o registro quando encontram um trabalho”, explica Áurea. Em São Paulo, foram feitos 985 registros em 2004. Em 2008 esse número subiu para 1.445, um aumento de 18%.
O conselho registra também um aumento na oferta de cursos de Serviço Social, especialmente pelas universidades privadas, o que é considerado outro indício de aumento do mercado de trabalho. Na Faculdades Metropolitanas Unidas (FMU), por exemplo, as matrículas no curso Serviço Social cresceram 122% este ano, em relação a 2008.
PERFIL DO ASSISTENTE SOCIAL - Segundo o manual “A profissão de Assistente Social”, de Ademir Silva, editado pela PUC-SP, este é o perfil do assistente social:
Campo de atuação - É um profissional do setor de serviços, a maioria no poder público. Trabalha no meio urbano, como assalariado. Os autônomos são apenas 1,2% do total. A jornada de trabalho é de 30 horas a 40 horas semanais
Vínculos Empregatícios - 11,07% têm mais de um emprego. A maioria trabalha em instituições públicas: 40,97% municipais, 24% estaduais e 13,19% federais. Nas instituições privadas são 13,19%, e no terceiro setor, 6,81%
Gênero e idade - Cerca de 3% dos profissionais são do sexo masculino, 5% têm entre 20 anos e 24 anos; 25% de 45 a 49 anos; 30% de 25 a 34 anos e 38% de 35 a 44 anos
Religião - 67,65% são católicos; 12,69% protestantes; 9,83% espíritas kardecistas, seguidos pelos demais, dentre os quais 7,92% se declaram agnósticos
Renda familiar - Mais de nove salários mínimos para 37,12%; de quatro a seis salários para 30,53%; de sete a nove salários para 21,95% e até três para 10,4%S

quarta-feira, 24 de junho de 2009

Fim de semestre

Mais uma etapa na facul, mais uma semana de aulas, provas e trabalhos e logo mais vem JULHO e dia 13 meu aniversário e ai faltaram dois anos para eu ter 30 anos credooo e nem casei nem tive filhos ainda...O negócio é estudar, pq casar tá dificil...Mas parece que a gripe H1N1 chegou em Santa Maria e lá na UNIFRA é só o que se fala, cogitaram até a hipotese de cancelar as aulas e eu até que achei bom não aguento mais acordar cedo nesse frio. Mas to feliz com este semestre aprendi bastante no outro já vou para o estagio curricular, quero fazer bem longe em uma comunidade de preferencia, lá sim o Serviço social pode contribuir de fato para a vida das pessoas e eu gosto de trabalho em vila, não sou como algumas academicas do curso que estão no Serviço social mas não gostam de gente ou de gente pobre... Melhor pra mim.
Mas hoje especialmente fiz uma prova daquelas que se sabe que depende passar ou rodar, ja que exame tem só pra dizer que tem ja que é ainda mais dificil, eu odeio estatistica e espero não ter que refazer a disciplina será a terceira vez ai ja é demais, mas só semana que vem saberemos o veredito. por enquanto vou encerrando meus estudos, terminando os trabalhos e torcendo que chegue dia seis logo ai vou estar em férias, ebaa...

segunda-feira, 22 de junho de 2009

É preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã!


Eu adoro legião urbana e o mestre Renato Russo e acho que depois dele não se produziu mais músicas boas que fizessem a gente se perder em pensamentos a cerca da cotidianidade e a comprensão do todo, mas a letra de Pais e Filhos e o seu refrão que diz :"que é preciso amar as pessoas como se não houvesse amanhã, porque se você parar pra pensar na verdade não há!"

E é cruel isso né, não deveria ser pois não somos treinados para perder a qualquer momento alguém que amamos, mas deveriamos para depis lidar melhor com o desespero de nunca mais vermos, ouvirmos, tocarmos nossos seres tão amados.

To falando isso, porque até as quatro da tarde tive um dia muito legal, fui a Santa Cruz com meu curso de serviço social, conhecemos o trabalho social desenvolvido em uma comunidade carente por empresa de tabacos, tudo lindo como se cuidar de crianças e adolescentes em situação de vulnerabilidade social fosse dimuniur o estrago que a industria de fumo pode fazer na vida das pessoas, mas bem o trabalho social é elogiavel e atuação da assistente social de lá Carla Dibi, dentro do projeto é bastante significativo mas bueno na volta vinha ouvindo meu mp3 e curtindo uma chuvinha básica de inicio de inverno até que a van começou a diminuir a velocidade...

Sempre que viajo de carro ou ônibus, sinto medo na estrada pois acompanho as tragédias do trânsito semanalmente e confesso que tenho medo de ser mais uma estatistica tragica nas estradas do Sul, eis que havia acontecido um acidente gravissimo uns 10 minutos antes de adentrar em Santa Maria, a chuva caia, a van andava devagarinho e deu pra avistar o tamanho da desgraça, porque olhei??Porque será que nós humanos temos a necessidade de conferir a desgraça alheia??Todas meninas colaram no vidro, vimos os bombeiros e um corpo de um homem no chão. Que triste eu nunca tinha visto uma pessoa morta que não fosse num nicrótério confesso que me arrependi de ter espiado a visão foi macabra, sangue e o corpo daquele homem inerte esbranquecido sobre o asfalto molhado, na hora já liguei para meu namorado para me certificar de que ele estava bem, mesmo eu tendo visto o homem ainda assim senti necessidade de ouvir a voz do meu ser amado.

Depois da li não conseguia pensar em nada e ainda tinha que ouvir comentários de minhas colegas sobre a missão, sobre quando chega a hora que Deus chama e outras explicações genéricas frente a tragica morte ali da frente. Pensei na familia nos amigos daqueles que tinham acabado de acaber e me veio a música do Legião na mente, me veio a certeza de que vou morrer talves logo talves demore mas estou fadada assim como todos os seres que habitam o planeta a acabar. E o que fica??Os sorrisos, as amizades, nossas vivencias, nossas palavras confortantes, nosso abraço e beijo dado com afeto e muita saudade dos que estão por acabar também.

Meus sentimentos!!!

quinta-feira, 18 de junho de 2009

ERAS Encontro Regional de Assistente Sociais

Desde a última terça feira eu estava participando do ERAS um evento do curso de serviço social da UNIFRA, que teve um acumulo de conhecimento incrivel, nesta atividade partilhamos sobre o cotidiano profissional da categoria de assistentes sociais e vi que tem muita coisa interessante acontecendo na minha area. Apreendemos sobre o espaço sócio ocupativo do assistente social na educação e já foi aprovada resolução que traz o serviço social e a psicologia para as escolas públicas, para trabalhar com as familias dos educandos e com toda a comunidade escolar, confesso que é um espaço que me agrada bastante.
Bom tivemos uma palestra também sobre Justiça Restaurativa que é uma nova lógica de atendimento sócio educativo nas Casas de Detenção, visando de fato ressocializar o apenado e prepará-lo para o futuro possibilitando uma perspectiva inclusiva na comunidade, fiquei feliz já que com o sistema prisional caótico que temos percebi que existem sim novos caminhos que visão uma comunicação não violenta com o infrator e que possibilita de fato que a privassão de liberdade sirva para ressocializar o apenado e não só punir sem respeitar os direitos humanos como é a função social das cadeias no nosso País.
Outras falas sobre o serviço social na saúde e as atribuições dessa categoria neste meio, bem como o estagio curricular supervisionado por um assistente social diretamente assistindo o acadêmico foram importantes já que estou por iniciar meu estágio e a area da saúde me atrai e é um campo que empraga muitos profissionais hoje.
Quanto mais aprendo mais sinto vontade de apreender e vejo que realmente escolhi a area certa pra trabalhar. Que bom isso né!!!

Nem com um secretário de saúde médico podemos ter um serviço de saúde descente no municipio de Santa Maria

Saúde é um direito universal e para todos aqui no Brasil, mas que tipo de serviço estamos prestando ao nosso usuário, porque o SUS e a politica da saúde oportuniza um tratamento tão vulnerável ao cidadão? Essas inquietações eu resolvi partilhar após uma profunda decepção ao procurar atendimento neste municipio, esperei dois meses e meio para consultar com oftalmologista pois sou estudante e necessito ter uma visão relativamente saudavel para desenvolver meus estudos e trabalho; porém fui atendida no CEDAS em quatro minutos, sai de lá com a receita de óculos em mãos e com muitas dúvidas ,mas o médico estava com um semblante tão desagradavel que fiz apenas perguntas obvias a respeito do grau, na sala deste atendimento não havia cadeira e nem a porta foi fechada., e os outros atendimentos anteriores ao meu duravam em média cinco minutos.
Como pode um médico realizar uma investigação descente no cidadão em cinco minutos sendo que normalmente uma consulta com o mesmo médico em seu consultório particular dura em torno de trinta minutos.Porque já que temos um médico como secretário de saúde, ele não propõe em reuniões cursos de qualidade no atendimento para esses profissionais que fazem parte da equipe de saúde de municipio?
Ainda antes do amanhecer uma mãe com filho nos braços estava na fila do Cedas aguardando a consulta agendada e no entanto no guichê foi informada que o médico não viria e que ela teria de voltar só dia vinte e nove, sendo que como eu ela e a criança já estavam aguardando meses uma simples consulta.
Quero registrar aqui o desrepeito deste serviço o descaso deste profissional não só comigo mas com todos aqueles que tem procurado o serviço de saúde e tem encontrado um atendimento mal feito, nem um pouco direito como as falsas promessas de campanha pena que temos que aturar mais alguns anos essa ingerência no nosso municipio.

terça-feira, 2 de junho de 2009

Dia 12 tá chegando e vc já arranjou namorado??


Tenho namorado mas sou solidária com as pessoas que procuram um amor, ano retrazado passei o dia 12 sozinha tinha aula o dia todo e por onde andava via buquet de flores vermelhas, ursos, presentes e aquele clima de o amor está no ar, não preciso nem comentar que no final do dia estava desanimada e afim de namorar o primeiro que aparecesse só pra não passar aquela noite sem um jantarzinho a dois...

Depois daquele dia abominavel eu encontrei um namorado e amo muito ele, já estamos fazendo planos para sexta feira dia 12 de Junho mas isso é outra estória.

Voltando para o encontrar um namorado, não acho que está seja uma tarefa impossivel, pois o clima romântico está favorecendo, até o frio está propicio para estar sob as cobertas namorando, tomando um vinho, curtindo um filme 'erótico" de preferência.

Só que é preciso ajudar o seu culpido e quando eu digo isso é se ligar, cuidar do visual, investir em programas adequados ao clima de romance e não é de balada que estou falando, na balada o povo só que beijar na boca e deu (literalmente), nunca encontrei namorado em boate alías a maioria dos casais que conheço se encontraram e se apaixonaram em bares, rodas de chimarrão, através dos amigos de amigos, no trabalho, na internet ou em lugares inusitados.

É facil basta olhar e enxergar as possibilidades, basta colocar um sorriso atraente no rosto, basta não ser peguento, estar afim sem demonstrar totalmente que está afim entende? Isso quase sempre da certo. Se não funcionar,até o fatidico dia 12 de Junho paciência compre um presente bem lindo para você, mas lindo e caro aquele tipo de presente que você adoraria receber e torça para logo ser flechado pelo Culpido que nesta época tá alucinado a procura de seres namoráveis e especiais como você!

sexta-feira, 22 de maio de 2009


MACONHA CRACK ALCOOL COCAÌNA MERLA CIGARRO! DROGAS QUE MATAM

Hoje foi um dia bem cansativo; pois passei todo o dia em um dos meus locais preferidos a Camara de vereadores, em um seminário sobre o combate ao CRACK, estava muito lotado mas foi bom poder perceber que um assunto tão sério como a droga pudesse ser exclarecido de forma cientifica e o melhor com linguagem entendível.
Entre psicólogos, juizes, politicos, assistentes sociais, entidades e a comunidade academica e secundáristas ao assunto empolgou a todos...Algumas colocações importantes foram ditas ao longo deste seminário começando pelo secretário de segurança do Rio de Janeiro BELTRAME conterraneo nosso que para controlar o comércio de drogas no estado é necessário investimentos não só na policia mas investimentos socias, que ofereçam condição digna para que o cidadão não seja conivente com as drogas ou até passe a utilizá-la.
Perspectivas para as crianças e adolescentes tenham uma escola de qualidade com um ensino que os seduzam a permanecer estudando, já que o primeiro sinal de que um jovem pode adentrar pelo caminho das drogas é a evasão escolar então é necessário que haja investimentos em educação, em politicas públicas voltadas para este estudante que não deve ficar ocioso sem ter o que fazer.
Outro ponto importante colocado pela juíza da infância e juventude é que as crianças (0 a 11 anos) e os adolescentes(12 a 17 anos), que chegam até a vara da infancia e juventude com problemas decorrentes do uso abusivo de drogas e principalmente drogas ilicitas (maconha, merla, crack, cocaína), são individuos encaminhados através do conselho tutelar ou da DPCA delegacia da criança e adolescente que envolveran-se em ato infracional(crime) e precisam cumprir uma medida sócio educativa(punição), porém estes adolescentes muitas vezes acabam cometendo delitos porque não tiveram apoio de uma rede sociassistencial capaz de dar conta da prevenção e tratamento destaes individuos. Então é obvio que concluímos que punir estes adolescentes em conflito com a lei não irá curar o problema das drogas pois é necessário que a familia deste jovem encontre ajuda antes que o problema se agrave, através de programas voltados para a prevenção e tratamento do dependente quimico.
Vimos que a abordagem familiar do dependente quimico é importante já que a familia encontra-se juntamente com o usuário de drogas em sofrimento, com forte tendencia a romper os laços afetivos ou até mesmo transformado esta familia em multiproblemática com casos de depressão, alcoolismo e violência intrafamiliar...
Vimos também e o que acho que a maioria dos usuários eventuais ou sociais de drogas sabe disso é que o crack é uma droga barata e facilmente encontrada e que normalmente quem começa a utilizar crack é aquela pessoa que faz uso de outras drogas como a maconha a cocaína o álcool e o cigarro (que mata mais do que qualquer uma dessas drogas) porém é legalizada.
Outro fato colocado é que não precisa que o dependente quimico queira expontanemente livrar-se do vicio, a familia os amigos a escola os psicologos enfim todos podem ajudar a pessoa que está sofrendo de depedencia quimica, pois o próprio usuário só irá buscar ajuda quando a droga estiver levandoo a situações extremas, onde ele já roubou, matou ou até mesmo expos sua vida a risco para a obtenção de droga.
Sabemos que drogas fazem parte do nosso dia a dia e que cada vez mais nossa sociedade diante dos problemas de falta de perspectiva, frustrações, insatisfação pessoal, desesperança num amanhã mais feliz procura-se em um prazer momentaneo a solução mágica para se sentir bem! Mas esta falsa solução leva a problemas sociais muito sérios tanto para o individuo quanto para a sua familia e para a sociedade como um todo.
Então o que fica deste dia bastante elucidador é o sonho de que alguém que encontra-se hoje usando algum tipo de droga como o álcool, o cigarro a maconha a cocaína o crack a merla ou até mesmo medicamentos faça uma reflexão procure ajuda enquanto a tempo, não estrague a vida e a da sua familia usando drogas, não ouça o diabinho mau que atenta para o mal caminho faça a coisa certa; procure ajuda largue a droga porque você está acabando com a sua vida e as vezes fica enganando e querendo crêr que a qualquer momento tem a força para parar.
Se é assim pare agora! Se você tem realmente força de vontade pra parar pare!!!Enquanto tem tempo...

quinta-feira, 21 de maio de 2009


uM TEMPO BOM QUE NÃO VOLTA MAIS!!

Confesso... sou (fui) geração coca-cola, brinquei de pogobol, ovo choco, olhei bozo, usei kichute, enfrentei a armação limitada e, o pior, a coisa mais horrenda que já passou pela nossa televisão, provavelmente um primo gordo de Alf, o eteimoso: o amável fofão. Foi a minha geração que um dia descobriu que vovó Mafalda era homem e mesmo assim sobreviveu, embora depois disso muitas descobertas se tornariam extremamente desinteressante.Muito joguei Atari e, acreditem, achava o máximo salvar a galinha em plena rodovia movimentada. Pac Man, enduro, free way nos deixava atônitos frente a televisão. Barbie, pokemon? Que nada... gostávamos dos ridículos cabeçudinhos, os duros playmobil. Jogávamos taco, super trunfo, river raid, etc...tomávamos quick e comíamos chocolate em tempos em que milkbar ainda se chamava Lolo, Crunch chamava Kri e existia os cigarrinhos de cacau.Tempos de papel de carta, calça fuso e de jogar Stop. Na tv he-man, caverna do dragão, smurfs, topogigio, sítio do pica-pau amarelo, balão mágico e Xuxa. Jogávamos war, banco imobiliário e jogo da vida...ah, se nosso jogo na vida real fosse tão simples! Brincávamos “de Mês”, passa anel, vai-e-vem, bilboquê e discutíamos, no esconde-esconde, se podíamos ou não “salvar todos”. Nossos pais agüentaram berros clamando “pelos poderes de greyskull”, “forma de mamute de gelo”, “super mouse amiiiigo...”e “tander, tander, tandeer cat’s hoooooooo...” sinais de uma esquizofrenia anunciada? Talvez...De lá pra cá muita coisa mudou. Confesso, como louco confesso, que já quebrei o braço, bebi, chorei por amor, magoei pessoas que amo, discuti por bobagem, senti vontade de deixar tudo pra trás, me arrependi, pedi desculpas, perdoei, escondi meus sentimentos, capotei de carro, acampei, fiquei acordado por mais de 24 hs, nadei de madrugada na piscina, traí, desliguei meu cel pra não me pertubarem, agi por impulso, passei trote, colei, dei cola e troquei de prova na escola, comi rã, li muito, tomei banho de chuva...etc... e tudo isso, de uma maneira ou de outra acabou me constituindo da maneira que sou. Sequelado, louco, amigo, enfim... como diria o caetano, “Cada um sabe a dor e a delícia de ser o que é!”

quarta-feira, 20 de maio de 2009


Eu quero voar num balão!

Mas que loucura nossa prezada administração trará para cidade um festival internacional de balonismo, um que lindo todos aqueles balões coloridos e lindos enfeitando nosso céu azul, e será que nós pobres mortais que iremos prestigiar tal voluptoso evento poderemos voar em um daqueles balões??
Ou vai ser que nem o último evento da prefeitura municipal o jogo de voleibol na areia onde a parte social do evento estava em doar um kg de alimento não perecivel, o povão que fique lá na vila e espere as cestas básicas chegar (através do gabinete da primeira dama), ô clientelismo...
Pois é festival de balão é bonito mas só para olhar...
E o Minuano da canção nativa que era um baita evento? Não vai ter mais? E o trabalho social do Pac que levava cultura, teatro, dança, bandas e circo para as vilas não vai ter mais?? Será que nesse dia do festival de balões o cidadão santamariense para prestigiar terá onibus gratuito até a vila Prado? Ou será que terão que ficar em casa e torcer para que um ricaço cruze no seu balão maravilhoso pra que possamos participar do evento...
É os tempos são outros e até mesmo o padrão das atividades culturais subiram bastante será que é para todos? Quem cabe dentro do todos do Senhor Schirmmer e seu Tubias Calil??
Eu vou torcer para que esses dois embarquem num balão bem lindo e tenham o mesmo destino daquele padre que realizou um sonho esses tempos aventuras em um balão...Tchauuu!!!!

sexta-feira, 8 de maio de 2009

NÃO A REDUÇÃO DA MAIORIDADE PENAL

Foi adiada a votação sobre a redução da maioridade penal, bom é importante que nossos governantes tenham mais tempo para discutir está questão e assumir os riscos que reduzir a maioridade penal de 18 para 16 anos pode causar as novas gerações.
Sabemos que a violência existe desde que o mundo é mundo e hoje ela bate a nossa porta cada vez mais cedo, mas sabemos também que criminilizar o jovem, institucionalizar adolescentes só contribuirá para que o crime alicie esses menores ainda mais cedo.
As crianças e jovens que hoje encontran-se em situação de vulnerabilidade social a margem de um sistema excludente que aparta os jovens pobres, negros aqueles que vivem nas periferias e que logo em seguida estaram sendo punidos por terem tido a infelicidade de em momento de suas vidas terem sido vitimas de adultos inescropulosos, sejam eles traficantes, exploradores sexuais e até mesmo uma familia desestruturada e sem apoio nenhum de uma politica pública eficiente voltada para a juventude.
Reduzir a maioridade penal não irá acabar com a violência, mas se houver maior investimento em educação, lazer, oportunidades provavelmente nossas crianças e jovens teram menos chances de serem envolvidos pelo mundo da violência, se o Estado cumprir com sua parte que é de assistir o cidadão nos seus direitos básicos a sociedade estará mais protegida como um todo, teremos segurança, teremos crianças e jovens no lugar onde eles possam desenvolver socialmente e ter uma perpectiva de vida mais feliz ou você imagina se deve ser bom para um adolescente ser trancafiado dentro de uma instituição como a FASE deixando toda a liberdade, todo o apreendizado sadio que poderia ter tido, todas as descobertas que essa fase da vida nos proporciona.
M as por enquanto contamos com o bom senso e a consciência de que os nossos governantes terão coragem de trabalhar para o cidadão e não contra pois duvido que se um deles tivesse nascido pobre, na periferia e sem nenhuma perpectiva de vida igual ao que a tv mostra como modelo de felicidade, se não tivessem uma familia capaz de orientar, educar e não tivessem tido educação de qualidade e um trabalho que os dignificasse eles estariam agora onde estão e principalmente decidindo a vida ou a morte da juventude de um País.

quinta-feira, 7 de maio de 2009

TEXTO MAFALDA

DECLARAÇÃO LIVRE DOS DIREITOS DAS PESSOAS DESOBRIGADAS DA FELICIDADE CONSTANTE
1 - Toda pessoa tem o direito de errar, mesmo que já tenham explicado a ela mil vezes o certo sem que ela tenha entendido, pois o tempo de compreender e aprender é de cada um.
2 - Toda pessoa tem o direito de mudar de idéia, de se contradizer, de voltar atrás, de recomeçar, pois a melhor coisa da vida é mudar, principalmente nas coisas que a gente pensava serem imutáveis.
3 - Toda pessoa tem o direito de chorar, de sentir dor, de soluçar e de ficar com ar melancólico, pois o riso, muitas vezes, é falso, enganador e insano.
4 - Toda pessoa tem o direito de fazer silêncio, de calar, de não responder, de ficar quieta e não sair tagarelando, pois no silêncio estão as melhores respostas.
5 - Toda pessoa tem o direito de se cansar e de ficar doente, pois o corpo, muito mais sábio que a mente, não é de ferro e sabe sinalizar a hora de parar.
6 - Toda pessoa tem o direito de enraivecer, de xingar, de esmurrar as paredes, de jogar coisas no chão, de gritar. Pois tem coisas que só o grito consegue dizer.
7 - Toda pessoa tem o direito de perder, pois só quem perde sabe o quão inesquecível e instrutiva pode ser uma derrota.
8 - Toda pessoa tem o direito de se dar mal nos negócios, de não conseguir lidar com dinheiro, de não querer ser rico, pois quem tem muito normalmente esquece como é viver com pouco.
9 - Toda pessoa tem o direito de ter medo, pois o medo é um bom anjo da guarda.
10 - Toda pessoa tem o direito de duvidar, de perder a fé e de achar que tudo vai dar errado, pois às vezes, tudo dá errado mesmo, e não é culpa de ninguém.
11 - Toda pessoa tem o direito de não saber, pois quem já sabe tudo perde o motivo de viver.
12 - Toda pessoa tem o direito de falar bobagem, pois nem sempre é legal ser inteligente.
13 - Toda pessoa tem o direito de se esconder, pois todo refúgio é recuperador.
14 - Toda pessoa tem o direito de se achar o camarada mais ferrado do mundo, pois o problema de cada um é o pior do mundo para cada um.
15 - Toda pessoa tem o direito de reclamar, pois externar o descontentamento ajuda a gente a pensar sobre ele.
16 - Toda pessoa tem o direito de desperdiçar uma boa chance, pois mesmo as boas chances, muitas vezes, não chegam em boas horas.
17 - Toda pessoa tem o direito de não ser feliz incondicionalmente o tempo todo, pois a infelicidade faz parte da vida. E é mais feliz quem sabe lidar com ela do que quem a ignora.
Observação:. Diante de tantos direitos, fica estabelecido para a pessoa o dever de preservar os outros de suas más fases, evitando o desrespeito, a agressão e a impertinência, pois precisaremos dos outros para comemorar conosco quando tudo passar.

segunda-feira, 4 de maio de 2009

Divagações no salão de beleza


Não existe mulher feia existe mulher pobre!

A moça que hoje escovou meu cabelo fez este comentário e é claro eu até que acenei com a cabeça positivamente não ia discutir com a cabelereira, mas sabemos que a ditadura da beleza é cruel com as pessoas. Se desejarmos ser bonitas, admiradas e amadas :temos que investir no visual e ficar bonita custa bem caro um corte num salão nem tão bambambam é R$25 reais, deixar as unhas lindas mais R$20 e por ai vai. Qualquer mulher que vai em um salão sai de lá se sentindo menos feia, pois ali tem profissionais que sabem como transformar visuais e se vc tiver disponibilidade financeira realmente pode fazer bastante diferença umas horas no salão.

Eu particularmente vou a tal lugar poucas vezes pois além de não ter grana sobrando, gosto de me arrumar em casa que posso ficar feia antes e desabrochar depois e ainda bem que por casa tenho primas e tias que tem dotes pra o lado de salão aí o impiriquitamento sai quase de graça e o resultado é bom! Quase sempre!

Mas lá no salão enquanto minhas madeixas eram cortadas, eu olhava pelo espelho aquelas mulheres que ali estavam como eu tentando se sentir satisfeitas com a sua aparência, tentando melhorar seu humor eu fui lá pra tentar parecer menos de baixo astral e menos frustrada com minhas disilusões. Minha vida é boa, estou cursando Serviço Social que é um excelente curso embora desconhecido pra muitos, tenho um namorado que amo muito, tenho amigos, familia mas sinto que falta algo pra que eu consiga ser mais feliz... Até sei o que preciso só não sei como mas que tá perto de eu realizar tal objetivo isto sim está.

Por enquanto vou tentando ficar mais contente indo a um salão, fazendo programas comigo como o que fiz na última véspera de feriado, fui a feira do livro sólita assisti o Duca da Cidadão Quem tocar umas músicas perfeitas, depois fui no shopping e tomei um chopp, sosinha e lá pensei nossa a quanto tempo eu não tinha a minha companhia. É bom as vezes!

Assim dá mais tempo de analisar as pessoas que passam, de ouvir a música sem cantar, de saborear um choop gelado! De viver a vida e o fato de que independente de onde nos encontrarmos estamos só! Sempre!!!!


quinta-feira, 30 de abril de 2009

Atividade avaliativa!


Hoje tive uma prova (conhecida popularmente como atividade avaliativa), sim é assim que os professores dizem que devemos encarar uma prova. Porém não tem como encara desta forma pois uma prova é uma prova, é o resultado de um apreendizado, é o resultado da atenção na aula, das leituras, dos exercicios, das faltas, daquela dúvida que não tiramos naquele dia.

Tenho sorte com provas discritivas, pois amo escrever e as vezes faço uma enrolação e ganho uma boa nota, agora prova de marcar não vou bem até porque sempre acho que todas tem algo verdadeiro e as vezes justamente a afirmação é aquela que eu até li as não aprendi, de todo meu curso até agora reprovei em duas disciplinas, uma por faltas e só passei duas e outra em estatistica. Que eu odeio! Mas estou repetindo e não consigo compreender e nem desenvolver um raciocinio lógico (simples) como diz o professor!

Quero ver depois de formada os concursos que virão. Sim porqe uma assistente social pra ter certa estabilidade só mesmo com algumas horas pelo nosso querido Estado!

por enquanto vou enfrentar minhas atividades avaliativas (provas), semana que vem tem três direito, politica II e Ética...

O negócio é fazer do feriadão, estudo ó que divertido!Me despeço desejando um bom feriado e um feliz dia do trabalhador a todos que tem a sorte de estar no mundo do trabalho!!!!

terça-feira, 28 de abril de 2009

Dilma Roussef e sua garra!


Semana passada Santa Maria teve o prazer de receber a ministra chefe da Casa civil: Dilma Roussef, esta veio a cidade para fazer um balanço das obras do PAC, que atualmente estão paradas graças a incompetência do atual governo.

E ainda mais afirmou novamente que os obras do PAc não podem estar paralisadas já que os recursos tem tempo para ser aplicados.

O que poucos sabiam é que Dilma está se submetendo a um tratamento de um linfoma, que tem mais de 90% de chances de cura já que o tumor foi descoberto cedo e a perspectiva é boa.

Dilma é a candidata a presidencia da república na próxima eleição, e tem percorrido o Brasil inteiro conhecendo as necessidades do nosso povo, é uma mulher de garra e muita força, ela durante a ditadura enfrentou os torturadores e não delatou os companheiros, sempre demostrou firmeza afirmando seu projeto societário o socialismo.

Esperamos que Dilma saia vitoriosa sobre está doença e seja nossa futura presidente do Brasil continuando os acertos do atual governo LULA e fazendo ainda mais pelo nosso Pais.

sexta-feira, 24 de abril de 2009

Saudações a quem tem coragem!


Tive o prazer de assistir uma palestra da pesquisadora e socióloga Marlene Vaz, para se ter uma idéia do gabarito desta senhora ela é consultora da Rainha Silvia ( Suécia) e desenvolve trabalho para o IBGE e para a UNICEF. Sua trajetória a cerca do assunto EXPLORAÇÃO SEXUAL iniciou a trinta anos, já que existiam poucas pesquisas sobre a realidade das mulheres exploradas pelo sexo comercial e para compreender esta realidade esta mulher andou pelo Brasil e por diversos outros Países entrevistando meninas e mulheres.

Sabemos que a maioria das pessoas ignora o sofrimento destas mulheres abusadas com ou sem o seu consentimento e os traumas que sofrem e levam para as suas vidas. Alguns conceitos interessantes eu tive a oportunidade de apreender e irei dividir aqui começamos com a violência sexual infantil: é toda a ação na qual uma pessoa em relação de poder e por meio de força fisica, coerção ou intimidação psicológica obriga uma outra ao ato sexual contra sua vontade, ou que exponha em interações sexuais que propiciem sua vitimização, da qual o agrassor tenta obter gratificação. Ocorrendo com variedades de situações como exploração e abuso sexual. (Ministério da sáude, 2002).

Abuso sexual intrafamiliar: são as violências que ocorrem no âmbito do afeto, ou seja a familia, circulos de amizade, escolas, abrigos, igrejas, nos espaços ou ambientes conhecidos como de proteão da criança. Ocorre em todas as classes sociais, sendo mantido visivel graças ao pacto do silêncio. (Maria do Rosário, 2003).

Exploração Sexual Comercial: contitui-se em rede, na procura de colientes para o mercado do corpo sem oportunidade de escolha de quem está sendo usado, por meio da sedução do prazer para obter lucro. Ela desconstrói e destrói as relações de proteção, do direito e apreendizagem da autonomia pela intermediação do corpo e mercantilização da infância. O corpo da criança e do adolescente se transforma em valor de uso e de troca em âmbito nacional ou internacional. (Faleiros in Leal e César, 1998).

Como verificamos os conceitos são estes e realmente a violência sexual é parte desta nossa sociedade doente.

A pobreza, a fome é uma das principais causas deste mal que assola o País de Norte a Sul, então quando muitos pais e mães são obrigados a expor os filhos a um horror destes muitos que a vida inteira conhecem a fome (só por ouvir falar), pois estamos falando de FOME e não ficar umas horas sem comer e dar aquele ronquinho na barriga a fome dói e acaba com a dignidade da pessoa; por isso nunca julgue estas familias. Marlene Vaz ainda sitou o Governo LULA e elogiou muito as politicas deste governo pois é o primeiro governo que tem um olhar especial para o social e teve a brilhante idéa de transformar o bolsa escola que era uma politica fracionada em bolsa familia uma politica que é tão importante na vida de milhões de brasileiros, que de forma cruel são excluídos da nossa sociedade pelo sistema capitalista e acabam sendo vitimas de todo o tipo de violencio que o homem é capaz de realizar.

De tudo o que ouvi naquela manhã, fica a minha inquietação pelas crianças abusadas sexualmente, meninos meninas, adolescentes e mulheres que este momento estão em algum lugar deste nosso País sofrendo uma agressão, pois estamos falando de crianças de três anos de idade em diante crianças que deveriam receber segurança, um lar, uma familia ,afeto, escola, creches que deveriam transformar-se em cidadãos conscientes de seus direitos e que estão condenados a viver e morrer sob a indiferença de uma sociedade consumista e individualista.

Para compreender um pouco do que passa uma vitima de exoloração sexual: indico o filme nacional Anjos do Sol, depois deste filme sua opinião irá mudar!

quarta-feira, 8 de abril de 2009



Finalmente acabou o BBB


Ontem casualmente cruzei em frente a televisão e constatei que era o último programa do BBB 9, aquele onde "o Público", escolhe quem será o mais novo rico do Brasil, o Público também "escolhe" quais serão as próximas capas das revistas masculinas pornograficas e o público com o poder de usar a técnologia para o bem da audiência da rede globo ainda participa de blogs, recebe mensagens, é bombardeado de muito comerciais sobre produtos que nunca poderão comprar ou que até se sentiram seduzidos já que o fulano tal ganhou o carro e agora é a pessoa mais sortuda do planeta.

Pois bem, fazendo uma analise do fenômeno BBB e de quanto as pessoas endeusan aqueles individuos que são coptados para entreter a grande massa populacional que se vê obrigada a assistir a rede globo; já que a capacidade de muitos de reflexão, critica e opção de qualidade para um telespectador é nula gostaria de coompreender como a midia, a fama e pensar conhecer alguém ou uma personalidade instântanea age positivamente nas relações sociais.

Reflito sobre isto porque sabemos o quanto a midia é poderosa, o quanto mulheres são usadas como objeto sexual de adoração e até mesmo de exploração por parte significativa da sociedade, o BBB influência o comportamento de muitos de seus telespectadores, a forma como a beleza é difundida e distorcida já que milhares de mulheres que idealizam ter nem que seja parte do corpo da gostosona para atrair todos os olhares, os jovens que assistem com inveja outros jovens ganharem vários presentes como carros que nunca possuiram pois o trabalho precário e o salario minimo mau da pra alimentar o filho ou garantir o aluguel, qualquer ser ficaria no minimo depreciado em tal condição então indago: pra que assistir o BBB?

Pra que se importar com o que o fulano de tal faz de dia de noite e ainda comentar com os amigos sobre a vida dessas pessoas, sendo que enquanto assistimos ao BBB (eu me recuso); nosso visinho, nosso familiar certamente tem algo interessante para dividir conosco e por ficarmos atrelados em frente a um aparelho televisivo somos cegados pela indiferença, pelo descaso por que ao invés de comentarmos sobre o BBB, não falamos do desemprego, do governo, da violência que somos expostos cotidianamente, porque não refletimos e criticamos o que está errado em nossa sociedade e pensamos como colaborar e modificar as coisas como estão?

Enquanto existir a manipulação da midia e do estado estaremos todos no mesmo barco e o barco afundando, os corruptos mais corruptos a sociedade mais doente e o cidadão sofrendo as consequências vamos repudiar o lixo televisivo e desenvolver uma conciência critica.

A hora pode ser agora já que mais um BBB: ainda bem que acabou!!!

quinta-feira, 2 de abril de 2009


Desgraça POUCA é BOBAGEM

Toda a pessoa tem dias ruins; afinal o cotidiano nos apresenta surpresas boas outras nem tão boas e as vezes péssimas. Ontem tive o desprazer de ter um péssimo dia aqueles em que pensamos porque eu acordei e resolvi sair de casa? Mas com tudo prefiro ficar com o lado bom que se apresentou desse dia e teve, vejam que maravilha!!Logo cedo indo para a aula encontrei um amigo que a tempo não via e sim a pergunta que não quer calar: O que você tá fazendo da vida? que significa já que vivemos na era do trabalho...vc está trabalhando com o que e onde?
Que pressão vivemos não é mesmo, como se a vida fosse trabalhar e ai respondo timidamente estou dedicando-me inteiramente aos estudos...SILÊncio...Neste silêncio acrescentei que estou participando de projetos ligado ao curso, que vai me proporcionar vivências importante em um campo que ainda não conheço muito o de crianças e adolescentes em situação de violência.
Ai meu amigo pergunta novamente : qual é mesmo o curso que tu faz? SERVIÇO SOCIAL (respondo)...Silêncio...Hã que legal!!Este Hã significa na verdade: Mas o que é serviço social, é faculdade, curso técnico, caridade??Mas antes mesmo que eu pudesse explicar ao meu ignorante amigo (deixando claro que o sentido da palavra ignorante é desconhecer) que Serviço Social é um curso de graduação, com duração de quatro anos, que seremos assistente social habilitados para atuar em várias lugares como: empresas, hospitais, albergues, prefeituras, Foruns,escolas, ongs, projetos sociais e por ai vai...
Minha sandália arrebenta...Bem ali no centro da cidade as 7:20 da manhã...Que azar começar o dia assim mas como desgraça pouca é bobagem decidi ir até a UNIFRA assim mesmo arrastando o pé da sandália e tentando manter uma rasoável pose; todos passantes olhavam minha situação até que uma senhora perguntou se eu precisava de ajuda, nossa essa gentil senhora até ofereu-me um chinelo emprestado ela entraria de volta na sua casa e pegaria pra emprestar eu adorei a gentileza mas recusei porque já tinha feito uns contatos e viria o socorro!!!
A tarde minha prova de BIOESTATISTICA com consulta livre, fui tensa fazer a prova porque reprovei essa disciplina mas já que era com consulta não corria o risco de levar uma nota péssima eis que chego na aula abro a bolsa e cadê meu material: esqueci tudo em casa!!! E quando eu digo que o azar me persegue minha colega emprestou-me seu material ai fiz xerox e pude realizar a prova.
A noite incurtando o "causo": paramos em uma blitz e um brigadiano cricri implicou com a placa do carro porque estava ilegivel; multa, guincho...Silêncio...
Então tem dias que realmente o melhor seria emendar um dia no outro, que não deveriamos sair de casa...E são esse dias que faz com que consigamos perceber a beleza da ausência de problemas e o quanto vivemos momentos felizes sendo numa volta pra casa ou na rotina das aulas...Enfim desgraça pouca é bobagem.