quinta-feira, 30 de dezembro de 2010

150 Anos de Santa Maria

Este vídeo, gravamos no aniversário de Santa Maria. Mas como é quase ano novo quiz compartilhar...Um brinde ao sucesso dos outros...que o nosso tá garantido!

Vamos deletar o passado?Ou vamos bloquear ?Deletar ou bloquear, eis a questão!

Hoje é o penúltimo dia de 2010. Entre uma comemoração e outra, entre momentos de solidão parcos penso sobre nossa vida liquida... Em tempos de ensimesmamento de individualismo, de parafernálias virtuais que parecem nos aproximar, percebo que estou um tanto mais sosinha, aliás esta é a sensação real, que se tu te permitir irá também comprender...Somos sólitos! Eu amo minha companhia mas...

Ontem depois de três anos quase, estive com uma amiga...amiga de verdade daquelas especiais que nos fazem perceber o quanto é bom visitar, tomar mate olhar no olho rir e contar estórias, "causos", como adoro contar...Minha amiga GABRIELA, 3 anhos!!!!Com direito a sotaque uruguaio ehheeh...

Mas assim falávamos sobre nossas vidas, nossos rumos, nossos portos seguros que não mais ofertam segurança e veio assunto de msn, orkuts, blogs...

E aí percebi uma atitude um tanto tosca que é bloquear pessoas, deletar... (confesso que já fiz isso, sim sou humana!), como se uma tecla tivesse o poder de desconstruir relações estabelecidas, se ele ou ela ou eles ou elas ou sei lá quem te chateia, te importuna te rouba a solidão, basta dar dois clics e este ser evapora....

Lembro das tantas varinhas de condão imaginárias que eu tinha e ainda tenho, que naquela hora modorrenta de querer sumir ou não perceber, ver e sentir repulsa, raiva, descontentamento e todas essas peripécias eu utilizo e tantantan abstraio, saiu dali me teletransporto ou transporto quem eu quero...Que bela fuga...

E esses clics estúpidos na teia das relações sociais, são como varinhas de condão na qual desejamos e acontece...Que linda utopia, pensar que não mais teremos que lidar com as pessoas apenas por deletá-las... Seria tão mais fácil dar outras e outras oportunidades, tem dias que todo mundo tá chato, ou você crê que orkuts são a vida das pessoas... Hoje nos bares da vida o que mais tem é pessoas clicando momentos aparentemente felizes, com amigos e depois tá lá tudo na tela lindo, lindo que perfeitos que somos... Ao menos no mundo virtual somos vendáveis...

Zigmunt Bauman escreve muito sobre isso, nossa modernidade liquida, nossas relações de consumo, isso é os clics ou seja enquanto o outro me serve, me cuida, me ama, me elogia, me deseja, me satisfaz eu o consumo...depois que passa assim como nosso mundo romântico capitalista, tem mais ofertas e mais e mais pessoas para eu consumir, consumir as embalagens bonitinhas e atrativas pra mostrar que posso ser importante se eu tiver aquele alguém...

É mas como muitos produtos que já consumi, tem ums que o gosto é acre, não apetece como diz a Jú outra amiga querida...

Não mais deletar, bloquear pessoas em 2011!Mas sim ter a capacidade de estar com pessoas que te façam rir, que te ouçam, que também te ensinem coisas importantes, não mais pensar que sabe tudo da pessoa pq acompanha sua vida por uma página da net, como as novelinhas que se vem diariamente...

Desejo momentos especiais em 2011, e que se possa perceber estes momentos e que se tiver momentos sórdidos; que irão ter contemos com varinhas de condão imaginárias como as minhas para abstrair e encarar com mais otimismo situações inusitadas...

Muita, paz amor e um pouco de sacanagem!!!!!!é o que desejo para 2011...

Saudações a quem tem coragem!!!!

segunda-feira, 20 de dezembro de 2010

Para 2011...Desejo a você amar pessoas!




Vou compartilhar neste espaço algumas constatações acerca de relacionamentos, que nestes quase trinta anos me permitem afirmar: Amar é muito bom.




Amar pessoas, envolver-se daquela forma intima e verdadeira, olhar dentro do olho e sentir quimica muita quimica...




Tem tanta gente que não se permite vivenciar algo assim, que embolora nas relações tradicionais, que deixa o tempo passar e a vida me levar, como se as rédeas do amor não pudessem ser administradas.




Eu administro as rédeas do meu coração! Porque me permito desejar...




Ir além, de conversas de bar, de jantares a luz de velas, gosto de proporcionar alegria e de inventariar situações...




No outro dia, sentada na sala de casa e olhando para o verde intenso... Sou plena...


Porque não utilizei máscaras, as máscaras no amor são obstáculos, não permitem o discortinar do outro...




Para 2011, tenho um conselhinho, deixe a máscara para o carnaval, que ali sim o importante não é histórias de amor e sim uma brincadeira que pode ou não ocorrer...E beijo na boca e beijos não são contratos...




As construções em termos de amor, são realidades muitas vezes impostas e que num determinado andar da carroagem o Sr. tempo, se mostram fálidas em termos de aprendizado, de afetividade, de paixão...


Aí meu bem sabemos muito bem o que pode virá a ocorrer...




Pessoas sendo fiéis aos seus desejos...




Esse é o mais cruel dos fatos para as pessoas que insistem em relações monogâmicas...


Um dia a casa cai...Impreterivelmente...E o tamanho da dor é aquela em que depositamos nossos sonhos e nossas abstrações irreais... nosso ideal do outro...




A cada dia me convenço mais que o casamento é uma instituição fálida em termos tradicionais...




O importante é vivenciar os momentos, estar livre se permitir...




E quem sabe aventurar-se em tipos um tanto não iguais, mas muito mais interessantes de vivenciar o amor?




O que acha disso para 2011?




sexta-feira, 17 de dezembro de 2010

ENCERRANDO CICLOS...

















A quatro anos atrás eu era uma pessoa muito, mas muito diferente do que sou hoje...Era ingênua, um tanto insegura, achava que sabia algo da vida eu tinha só 25 anos...




Decidi cursar Serviço Social, como a grande maioria das pessoas nem sabia o que era o curso mas soube que eu quando formada seria Assistente Social e isso já me bastou pra enfrentar um vestibular e mensalidades da privada. Valeu cada centavo, cada manhã que tive de ir pra aula, valeu todos os cafés amargos que tomei pra manter o bom humor e a atenção. Tô tão feliz de ter concluido esta etapa. De agora sim, estar no mundo com um curso superior... Mas vejo que o que aprendi foi o minimo do minimo e que o próximo passo é a pós graduação, já estou cuidando disso e fico ainda mais feliz...








Porque na vida da gente umas coisas dão tão certas e outras tão erradas? Porque a vida pessoal, profissional não constituem o mesmo rumo?










De qualquer forma 2011, tá aí pertinho e estou revendo conceitos, planificando meu futuro...



E aguardando dias melhores que sei que virão...










nando reis gostava tanto de voce ao vivo programa do jo 2010 mircmirc

quarta-feira, 15 de dezembro de 2010

domingo, 28 de novembro de 2010

Nunca fale com estranhos!

Que desgraça pouca é bobagem todo mundo que me rodeia sabe que falo mas hoje...penso que relatanto o acontecido vou estar fazendo um serviçinho social as donzelas de plantão...

Não sou donzela, sou menina mulher esquerdista ai já digo tudo mas...
Meu conselho aos 29 anos de idade...toda esgualepada numa manhã modorrenta de domingo é literalmente...

Não aceite carona de estranhos... Não fale com estranhos...e nunca nunca pegue carona com estranhos...

Falo isso com propriedade porque sou assistente social...e assistente social tem a mania de acreditar nas pessoas, e crer que todo mundo pode ser até bonzinho e que se mauzinho for é porque faltou sociedade ou tem alguma doença mental...

Desculpe as colegas assistentes sociais, pela minha visão romantizada a cerca da marginalização mundana, masss...

O fato é: Fui vitima de uma tentativa de homicidio...

Contarei o acontecido...Vinha eu ás cinco horas da manhã, vestida de Marlin Monroe pela rua Astrogildo de Azevedo (rua central da minha cidade), em busca de um taxi...pra voltar pra minha casinha...cansada,mas radiante afinal a festa a fantasia de formatura tinha sido divina e eu só queria andar e pensar...

Eis que um rapaz me aborda, um rápaz moreno alto bonito e sensual daqueles que nunca imaginaremos ser um sapo ao invés de um principe encantado...de fala mansa diz:

-Moça que perigo andando sozinha pela rua a está hora...Eu percebi que aqueles caras ali atras estão te seguindo e acho que eles tão combinando de te agarrar(leia-se fazer mal, estuprar sei lá o que)...

Sobe ai que eu te dou carona...tá indo pra onde? A que concidencia o mesmo lado que eu...sobe ai te deixo em casa...

- A moçinha loira burra...diz: muito obrigada moço to indo tomar um taxi...mas será que aqueles caras tão mesmo mal intencionados???

- Mas é claro eu ouvi eles tramando, cuidado heim sobe ai que eu te dou carona...não te preocupa não sou nenhum maniaco...

A moçinha babacona então decide aceitar a carona, afinal tá de dia quase e este moço é tão apessoado e gentil, nunca vai me fazer mal!!!!!!!!!!!!!

Então o moço começa a andar rápido demais...passa próximo da casa da moçinha e anda e anda...e faz de conta que não ouve ela dizer dobre aqui entre ali...O moço tá com uma cara séria e estranha...a moçinha pensa não será ele um louco tarado desses que só vemos nas novelas...Pior que era...

Um louco, que andou e andou e pegou uma zona quase desderta ( Cerrito) deserta...

Pra não ter um desfecho pior esta histórinha e pra eu estar aqui compartilhando com você virtualmente, eis que o lampejo de sobrevivencia me ocorreu, saltar do veículo...

E fui o que fiz depois de pedir, implorar e gritar: pára esta merda...quero descer e ir pra casa...

Saltei... (porque nunca aprendi a cair e rolar nas aulas da vida), dai não taria tão esgualepada agora...Toda quebrada e machucada...

Pior por dentro que é onde desejamos não machucar...to intrestecidoa por aquele cara...porque ele agiu assim comigo...porque quiz me levar pro meio de um mato? Será que se eu não tivesse saltado e pedido socorro ele me faria mal?

Penso que sim...

Mas ainda bem queouviram meus gritos de socorro, ajudaram, sairam pra fora e abritram portas, e me emprestaram telefone me deram agua e quiseram telefonar pra policia...e percebi que ainda existem pessoas civilizadas e comprensivas que ajudam...

Mesmo assim to aqui agora, depois de mais uma crise de choro pensando sobre ontem e sobre o porque que andei sosinha...aquela hora vestida de Marlin Monroe...

E pensei nenhuma roupa nada nem que eu tivesse nua, justificaria um ato daquele cara, se fazer de bonzinho de gentil e tentar cometer um ato violento...

Quantas Julianis não conseguiram se atirar do veiculo, e cair e se machucar e sobreviver...pra contar a estória? Por isso: NUNCA ACEITE CARONA DE ESTRANHOS!

Minha avó Nilda querida, me ensinou isso aos 5 anos porque na interiorizei e aprendi??

No final tudo acabou bem o cara fugiu e um principe me salvou... The end...

sexta-feira, 12 de novembro de 2010

CONFISSÕES DE UMA DISCENTE!


Querido diário virtual, sou uma mulher a beira de um ataque de nervos!

Tenho ouvido zumbidos, meu celular parece estar sempre tocando ai vou ver não tá tocando. Aí penso: tu sabia que não tava tocando...pra que levantou? então meu pc insiste em me pregar peças, sério eu sei que aperto as teclas certas faço mecanicamente o que antes fazia, mas as palavras não aparecem, os links não abrem e as palavras não fluem.


Estou vivendo o tal periodo da monografia, então falo ainda mais alto, tenho menos papas na lingua e gostaria que as pessoas tivessem um pouco de hombridade comigo.


Alguns colegas entendem o que to revelando, principalmente aqueles ja assistentes sociais até porque vivenciaram, me aconselham incentivam....


Outros só riem e confabulam, sim porque começo a pensar que uma conspiração extra terrestre, que pessoas que eu acho que conheço são na verdade espiãs...


Minha vida tá um COMUNISMO, daqueles que comiam criançinha...


O pessoal, não se entende com o social e ainda escrevendo o tfg do curso de Serviço Social.


Odeio drogas, mas apelei primeiro pra tal de agua de melissa...tomo, tomo e tomo e nada adianta, não durmo a três dias...e só penso em escrever.


Não sou só mais uma carregadora de livros como tantas vezes fui, agora leio interpreto e faço tudo o que deveria ter feito ao longo da caminhada academica.


Vejo no TFG, que tem sempre o que mudar e o que a gente pensa que tá pronto nunca tá pronto temos que arrumar aqui e ali, e mesmo assim ainda não acho que tá bom...


Não é o que eu sonhei, mas é o real produção textual, de um ensaio profissional é tudo o que condensei de conhecimento, quero tanto que seja válido o esforço. Sonho com isso acordada literalmente e escrevo, penso e tento organizar o pensamento.

tá dificil, tenho cólicas, não como quer dizer até como mas errado...


QUEM olha pra mim, percebe logo que não to bem ai digo que to vivenciando enlouquecidamente meu TFG...


Será que vai ser assim? Será que consigo o tal 7.0? na tão famigerada banca??


dúvida cruel...


Espero estar sã mentalmente pra contar aqui o desfecho desta história horripilante, do só sei que nada sei...

terça-feira, 9 de novembro de 2010

Nota de Falecimento...O LULA MORREU...


AOS OITO DIAS DO MÊS DE nOVEMBRO, LULA o peixinho da JULY faleceu.

Era um peixinho amigavel, falava pouco e ouvia muito, ficou caolhinho aos seis meses durante um acidente na troca de sua aguinha. A verdade é que sua mãe...JULY bocaberta, não conseguiu segurar ele, porque peixes resbalam muito ai ela se apavorou e o juntou com uma concha...atitude estupida que custou um olhinho do Peixe LULINHA.

Mas Lula o peixinho da JULY, mesmo assim superou as necessidades especiais e tentava levar uma vida normal, brincava, nadava, assitia novela mexicana (vida da July) e era comportado. Levou para o fundo do oceano todos os segredos dela...pq July conversava muito com o LULA, principalmente em dias cinzentos...

A causa mortis de LULINHa o peixinho caolho da JULY, foi suicidio ele num ato impensavel saltou do aquario ( a July, tinha esquecido de colocar a tampinha), e não tinha percebido que LULINHA andava estranho, July também estava estranha, cansada estressada sem tempo pra cuidar das relações, Lulinha. July acredita que Lulinha não tenha deixado nenhuma carta explicando, afinal quem realmente comete suicidio dificilmente tem explicações, vai saber o que se passou na cabeça daquele serzinho...

De qualquer forma informamos que não houve enterros, LULINHA deveria ter sido cremado mas como não temos crematório em Santa Maria JULY sua dona achou melhor devolve-lo a aguá e a agua mais próxima dela foi a privada....

Agradeçemos as homenagens póstumas e a força das amigas...principalmente as de boteco, que nos fazem rir e falar um pouco sobre o assunto.

A novidade é que LULINHA deixou uma irmã...A Dilma, nome este dado em homenagem a primeira mulher presidenta do Brasil.

Agora Dilma nada... Feliz no aquario que um dia foi de seu irmão LULINHA, o peixinho muito amado e estimado por JULY.

Nunca mais abro a janela do meu quarto, num dia cinza!


Agora está cinza.

Mas demanhã quando sai para aula, estava lindo...Coloquei um vestido e quase congelei na hora da saída. Chovia, ventava um redevu...E eu lá esperando uma carona, lembrando da infância na Vila Leste...Vou contar uma triste feliz história sobre minha infância...


Nos dias de chuva, eu tinha que ir pra aula pq minha vó não acreditava mais nas dores de barriga que eu inventava pra ficar olhando a Xuxa em casa...aí eu ia... de melissinha, poucos ou nenhum lápis de cor, e caderno embaixo do braço...Porque será que eu nunca tinha pasta? Acho que era supérfluo como minha vó dizia...E também não tinha sombrinha,,,supérfluo?

A verdade é que eu não comprendia certas coisas, principalmente essas verdades materiais que assombram a infancia escolar...Sabia que eu era diferente, daquelas meninas loirinhas filhas de professora, até hoje sou um tanto diferente da grande maioria das meninas...


Mas pra fechar com o que eu escrevia lá em cima sobre dias de chuva na saída da escola e hoje na saída da faculdade...é que assim como meus colegas eu pensava que ia derreter se saísse na chuva...ai ficava ali esperando passar...todos os meus colegas ficavam ali também, mas esperando os pais virem nos seus carros confortaveis buscar os filhinhos, ou as mães, tias vós visinha trazer uma sombrinha e uma capa de chuva colorida...


Eu sabia que ninguém viria me buscar, já era moçinha e ia e voltava sosinha da escola (com o veredito: não dá conversa pra estranhos, homem adultos principalmente)...Mas tinha dias que a chuva demorava, e todos os coleguinhas ja tavam indo e a hora de fechar o colégio ja tava chegando... Aí eu fiz uma coisa louca... fui no orelhão do colégio, peguei uma ficha, disquei um número a esmo e falei:

-Mãe vem me buscar, tá chovendo e eu não tenho sombrinha...todo mundo ja ta indo...e eu tô encarangando de frio. só ouvia um tutututututututu...


Não desligaram, minha mãe se tivesse telefone não desligaria, eu não tinha telefone...em casa, naquela época (1988), quase ninguém da minha classe social tinha, só quem tinha ações da CRT tinha telefone. Depois da Privatização da CRT, ai todo mundo tinha telefone até os pobres que maravilha, e os Espanhois donos da Brasil Telecon com todo o poder de comunicação nas mãos. Numa cidade chave, cheia de quartéis isso entendo hoje que sou menos burralda um pouco.
Peguei minhas coisas e fui pra casa chorando...na chuva...daí dá pra chorar...sem ninguém ficar perguntando pq está chorando...

Voltando...Aí tu imagina a loucura da minha cabeça...desde criança eu já era confusinha...Moral da história:

Dias de chuva ou não você tem que andar sosinho, e seus problemas são só seus problemas, a grande maioria não se importa se vc se importa, se vai derreter, adoecer enfim as chuvas tem que ser enfrentadas!


Dias como este, cinza tem que dar vontade de sair de casa também...encontrar forças sei lá aonde pra superar os obstaculos...na minha vida até que são poucos, porque não desejo tantas coisas...dificeis!
Que isso sirva de aviso pra você...as chuvas da vida, são oportunidades impares pra renovar inclusive as energias...
Que tal um banho de chuva???

sexta-feira, 5 de novembro de 2010

AS TORRES DE DENTRO!!



EM TEMPOS que eu conseguia fazer analise, tempo esse que preciso retomar e com urgência...Recebi um texto, por e-mail da psicologa que me entendia...




Remechendo nas minhas caixas, encontrei tal texto é da Marta Medeiros, autora que compartilho certa simpatia...




Espero que você goste...porque eu gostei... Um abraço... Tenho tido pouco tempo pra escrevinhar coisas minhas que não a monografia...logo volto a escrever sobre coisas do fantastico"nem tão fantastico", mundo de JULY...




As torres de dentro




Não tenho como escapar: coluna de quarta feira, um ano após os atentados, vou falar sobre o quê? Sobre o Red Hot Chili Pepers? A imprensa ás vezes vira refém de certas datas. Tal qual a gente. Comemoramos secretamente o aniversário do primeiro beijo, da primeira transa, de todas as primeiras coisas bacanas que nos aconteceram.


E das coisas ruins também, das vezes que as torres que construímos dentro de nós FORAM DERRUBADAS.




Cada sonho nosso foi construído andar por andar, e teve vezes que ultrapassamos as nuvens, erguemos nossos prédios do milênio, mais altos que qualquer prédio de Cingapura, Schangai, Nova York. A psicanalise fala em CASTELOS. É mais ou menos isso: sonhos Aparentemente concretos.




Já tive TORRES internas que foram ao Chão.


Torres altas demais para mim, torres que nem chegaram a ficar concluídas, (as de dentro nunca se concluem), torres que me exigiram esforço e que me deram prazer, até que alguém, com uma frase, ou um gesto, as fez virem abaixo. TINHA GENTE DENTRO: tinha eu.




Torres são visiveis, monumentais: viram alvo. Um projeto empolgante demais, uma paixão incontrolavel demais, um desejo ardente demais, idéias ameaçadoras demais: tudo isso sai da linha plana da existência, nos coloca em evidência, a gente acha que os outros não percebem mas percebem, e que ninguém se assusta, mas se assustam. Quem nos derruba? A nossa vulnerabilidade.




TEM GENTE QUE PERDE UM GRANDE AMOR. Perde mais de um, até. E perde filhos, pais e irmãos. Tem gente que perde a chance de mudar de vida. E há os que PERDEM TEMPO.


OS anos passam cada vez mais corridos, os aniversários se repetem.


Tem gente que viu sua empresa desmoronar, sua saúde ruir, seu casamento ser atingido em cheio por um petardo altamente explosivo.


TEM gente que achava que iria ter chance de estudar mais tarde e não estudou. Os que achavam que iam ganhar uma medalha por bom comportamento, e não receberam nem um tapinha nas costas.




E NO ENTANTO AINDA ESTAMOS DE PÉ, porque não ficamos apenas contando os meses e os anos em que tudo se passou. Construímos outras torres no lugar. Não ficamos velando eternamente os atentados contra nossa pureza original. As novas torres que erguemos dentro serão sempre homenagens póstumas as nossas pequenas mortes e uma prova de confiança em nossas futuras glórias.
Martha Medeiros.

segunda-feira, 1 de novembro de 2010

Primeiro as primeiras coisas, segundo as segundas coisas!


Hoje é dia primeiro de Novembro de 2010, véspera de feriado e eu "asoberbadisima", sem feriado sem véspera sem nada e sem querer ir ao cemitério. Amanhã é o dia, mas visito as pessoas enquanto vivas...chorar em frente a uma lapide não me fara melhor...e não tem mais nada ali se não resquicios do que um dia foi uma vida...com amor, com dor, com sorrisos, com amizade,com palavras, com ensinamentos, com mimos, com conselhos, com garra, com esperança vida que acabou, pra todos acaba né...


Por isso carpie dean!


É lógico que tenho cronologicamente falar da vitória da primeira mulher e do PT presidenta do BRASIL...Mas isso requer uma certa inspiração e to com tantos bloqueios criativos por causa da monografia que deixo pra vocês a produção de uma colega, uma companheira da juventude inserida no movimento estudantil...


A Thaesa, o bebê do Serviço Social da UNIFRA que conforme combinamos me representou lá nos protestos contra o aumento da passagem de ônibus aqui em Santa Maria.


Espero que se empolguem a partir do relato dessa bela jovem, e que deixem seus sofás felpudos, seus orkuts, msns, suas mesmices e venha pra luta com a gente!!!!!


“Nas ruas, nas praças quem disse que sumiu?
Aqui esta presente o movimento estudantil!”


Detenho-me a narrar algo, que para mim, foi de uma experiência realmente de impacto.


Primeiramente quero que entendam o contexto do ressurgimento com força considerável de um movimento importantíssimo.


Aqui em Santa Maria, há alguns anos atrás foi eleito um prefeito, de nome Cezar Schirmer.


Dentre suas propostas, estava um transporte público de qualidade, com o passe livre (implantado no governo pt) continuado e melhorado, onde a passagem não subiria, haveria mais paradas de ônibus bem construídas, e mais linhas a fim de atender as necessidades do povo.


Como todo bom direitista, porém, não demorou a mostrar as ‘garras’, não cumprir com a palavra, e favorecer os interesses de quem realmente o convêm, os empresários.


Assim sendo, aumentou a passagem de 1,80 para 2,00 reais, extinguiu o passe livre, e não tomou nenhuma medida de proteção a nós, o povo, usuários desse serviço sucatiado, que pagamos por um de primeira qualidade.


Como se não bastasse, agora, no mês corrente, a passagem volta a subir num acordo feito em dias!


Diante desse absurdo e exploração, durante vários dias os estudantes e alguns(infelizmente poucos) operários participaram de protestos intensivos frente a prefeitura, ATU, calçadão, câmara dos vereadores.


Um dos dias mais emocionantes foi na Quinta-feira dia 21 de Outubro, quando os estudantes reuniram-se na praça Saldanha Marinho marcharam ao calçadão e logo após a prefeitura, com números de 300 a 500 pessoas (os veículos de mídia divulgaram essa cerca discrepância, mas sendo eu uma testemunha ocular, posso lhes dar certeza de que era uma multidão), em um protesto pacífico.


Lá chegando nos deparamos com portas de vidro com um numero irrisório de guardas. As portas não foram quebradas, e nem os guardas agredidos.


Nós estávamos lá representando toda cidade, inclusive aqueles homens parados e ali fardados condicionados a servir e muitas vezes inconscientes do papel repressor que desempenham.


Ali nos concentramos, até que fossemos ouvidos.


Como se aproximava da hora do almoço, foi criada uma comissão para arrecadar dinheiro (quem tinha dava, quem não tinha também não era prejudicado), para que todos pudessem comer.


E assim foi. Um exemplo magnífico de como nós podemos viver em comunidade, cuidando uns dos outros, e lutando por nossos direitos.


Após um dia inteiro de protestos o prefeito promete uma audiência pública conosco e com os representantes das transportadoras urbanas. Depois de marcado na câmara dos vereadores pelos participantes do protesto, na segunda feira lotamos o plenário.


Nós cumprimos com a palavra, mas, cadê o prefeito?


Foi contra sua própria palavra, escrita a próprio punho e assinada, e não compareceu.


Após uma audiência pública com alguns vereadores e os manifestantes, muitos resolveram ocupar a câmara, ou seja, dormir lá afim de que o Prefeito cumprisse como acordo.


Às duas horas da manha, expulsos por uma justiça elitista e sem o prefeito, saímos de mãos dadas, para evidenciar que nossa luta não ira morrer.


Mesmo a tarifa tendo aumentado nossas denuncias chegaram aos ouvidos da lei, e agora o Ministério Publico esta comprometido a investigar o transporte público na cidade, o qual nunca foi feita uma licitação sequer!


Espero que esse seja apenas uns dos muitos movimentos por vir, em que estudantes e operários dêem as mãos e lutem contra a opressão das elites!


Um forte Abraço
Thaesa Bacellar.

quarta-feira, 13 de outubro de 2010

A imbecelização da politica...e da religião!


Faltam poucos dias para o segundo turno das eleições a presidência, isso porque a democracia permitiu que as pessoas endeuzassem um "projeto verde", utópico em tempos de capital e fetiche;com uma mulher militante petista que toda sua trajetória ocupou se da luta pela dignidade das minorias: (leia-se analfabetos, mulheres, crianças, famintos)...

Os votos da Marina Silva, ex PT hj PV por conveniência eleitoral, permitiram que Serra PSDB enfrenta se Dilma num embate eletrizante...

A verdadeira Guerra é entre os Trabalhadores (PT e o Projeto de LULA e Dilma) 47% dos votos e os Patrões (PSDB e a oligarquia Brasileira), aqueles que protagonizaram 500 anos de mesmices, sem projetos capazes de garantir dignidade aos trabalhadores... Os faraós das privatizações, encolhimento do Estado e focalização das politicas públicas.

Então é importante salientar que estratégias como boataria e envenenação da classe trabalhadora por instigar preconceitos arraigados, está sendo um tiro no pé dessa direita chovinista.

O povo brasileiro não é mais ignorante, já está num patamar capaz de discernir quem está do lado de quem, sabemos que Lula que o Partido dos Trabalhadores governa junto com o PMDB, é um governo de coalizão ou seja nem tudo o que é sonhado pode ser conquistado e transformado, em um espaço onde interesses tensionam ações governamentais o tempo inteiro.

É como um cabo de força, os trabalhadores ( DILMA E LULA),puxando pra um lado e os patrões puxando pra outro.

De qualquer forma nós povo, colhemos o fruto deste embate que demonstra ser um governo simpatico ao social, garante que os direitos e as politicas públicas tenham recursos capazes de emplemantas serviços, planos e projetos pra toda a população.

Lógico, muito ainda tem de ser feito mas a única pessoa hoje capaz de fazer é a Dilma e todo o plano de governo que é pensado por ela e pelas siglas que a apoiam.

Então temos que parar de votar em pessoas, temos é que votar em projetos societários temos que pegar o plano de governo dos dois candidatos, ler e compreender o que é possivel fazer e o que é mentira pra ludibriar o eleitor.

Sejamos coerentes e éticos quanto ao debate que está posto, questões como descriminalização do aborto, questões como a livre orientação sexual e a criminalização da homofobia(que é o preconceito contra pessoas que aman pessoas do mesmo sexo), é um debate que não cabe aqui e não é o presidente da republica seja Dilma e na pior das hipoteses Serra que irá definir isto...

Porque estas alterações na constituição, são movimentos engendrados a nivel de congresso nacional, os deputados é que discutem isto, votam aprovam ou não, cabe aos movimentos sociais e aqui o Movimento GLBTT um movimento importantissimo que garante e luta para que as pessoas homossexuais, sejam respeitados e tenham o direito de constituir uma familia.

Que Deus criou homem e mulher e disse crescei e multiplicaivos até acredito, agora a biblia é tudo uma questão de interpretação e de acordo com os tempos e a orientações morais pode se ter uma opinião deferenciada a cerca da palavra.

Não tenho crenças mas respeito a espiritualidade a religiosidade e acho que as religiões são importantes quando funcionam como espaços de convivência e alento, de trocas de informações veridicas e confortadoras, agora alienação religiosa onde exigem dinheiro pra garantir o poderio religioso, ai ja é demais onde cerceiam a liberdade de reflexão das pessoas e preconizam valores preconceituosos por favor...

Não é desse tipo de religião que nosso povo precisa.

Precisamos sim do movimento religioso atuando nas bases conscientizando as pessoas de sua condição de ser humano, de respeito de hombridade, de instigar a criticidade e não a alienação...

Vamos juntos com Dilma garantir o futuro do Brasil, vamos dar as mãos e votar 13...

Porque Serra nunca foi e nem nunca será este santo do pau oco que está demonstrando na campanha...

terça-feira, 12 de outubro de 2010

Pra você que ainda é criança...Parabéns...Hoje é o seu dia!


Mais uma data comercial... O bom disso é que tá um dia lindo e é feriado...assim posso até estudar...


Vou aproveitar este espaço hoje pra descrever um pouco sobre a síndrome de Peter Pam...


Não sou psicologa, nem psiquiatra por isso não escreverei com nenhuma propriedade cientifica sobre isso apenas no achometro mesmo...


Pois a Sindrome de Peter Pam é um mal que acomete várias pessoas que eu conheço...HOMENS principalmente!


Trintões que pensam que são crianças...nunca crescem...


Vivem eternamente na Terra do Nunca... (nunca crescer e enfrentar desafios).


São dependentes totalmente da familia, principalmente das mães...gostam de colo e de ter tudo nas mãos...se bobear até as roupas dos trintões Peter Pams,elas as supermamães, compram lavam passam...


Esses meninos adultos, não percebem que já cresceram e que o mundo cobra deles atitudes de adultos e não de crianças enfadonhas, eles agem feito miniaturas de gente...

Possuem até brinquedinhos, como joguinhos de pc ou video game, carros entre outras coisas...


O ruim é quando nos apaixonamos por alguém com sindrome de Peter Pam e percebemos que por mais que este ser exercite sua afetividade e que também goste de você, ele como uma criança sem mais nem menos pega seus brinquedinhos e vai embora chorando!!!


Não adianta tentar comprender um homem com sindrome de Peter Pam, o negócio é procurar um psicologo e esperar que um dia talves ele deixe a Terra do Nunca...


Nunca vou crescer!!!


E ai sim deixar de ser a Wendy...amiguinha,e fiel companheira do Peter...


Enquanto isso Peter se diverte com Sininho sua amiga fada!!!!!

terça-feira, 5 de outubro de 2010

Não me mandem e-mail falando mal do PT, da Dilma do Lula porque eu RESPONDO...






QUEM ME CONHECE SABE, ADORO POLITICA ATÉ MESMO POLITICA PARTIDÁRIA COMO A DA MINHA SIGLA FAVORITA PT...


Acontece que volta e meia recebo aquelas correntes que nunca repasso, até porque acho uma cafonice total...




As vezes tenho o azar de receber correntes detonando o PT, o governo Lula...








Ai já é demais, afinal tu te negar a reconhecer junto com mais de 80% da população que LULA é o cara e que Dilma é a melhor opção pro Brasil, TUDO BEM CADA UM NO SEU QUADRADO mas ousar repassar e não querer uma resposta ja é demais...




Vou publicar aqui minha última resposta...








Fiz pra uma amiga mas espero que ele também repasse e que chegue até o acéfalo que escreveu aquelas estapafurdices... Lá vai...








Respondendo:



Esse tipo de e-mail, tendencioso errôneo na verdade é pra emporcalhar o mundo da politica, não é verdade a grande maioria das afirmações que o Arnaldo Jabor (comentarista da rede bobo ops globo Midia golpista), escreve...



Ai eles publicam na internet em e-mails como este todo mundo lê, nem questiona e repassa fazendo um desserviço pra população...


Eu te adoro, adoro politica tu sabes sou envolvidissima pq acredito que é através da politica, do dialago que podemos avançar socialmente.

Então... Não leva a mal minha resposta, apenas questione um pouco sobre quais interesses estão disputados...


Temos um Brasil hoje,onde as pessoas comem, as pessoas trabalham...


mulheres como tu que sempre foi dona de casa virou empresária...
isso é bom pra ti e pro País...

Antes tu nascia pobre e morria miseravel...

Pensa na nossa familia...



Todos sempre trabalhavam, mas não adquiriam nada nem carros nem motos nem casas...


Hj tudo mudou...Tá um pouco melhor e vai ficar ainda melhor...



Sabe porque , porque se votarmos na Dilma ela vai trabalhar pra melhorar o Brasil,



ela junto com o Lula e outros homens e mulheres criarão e implementaram leis materializados em Politicas sociais (programas, projetos, planos)como o Pac, Bolsa familia, Peti, Minha casa minha vida,BpC


leis que beneficiem a todos e não só os ricos, como quase sempre foi.


Então minha amiga, por favor repasse este e-mail a todas as pessoas que tu sabe que não são idiotas, que tem consciência sobre o mundo da politica, teus amigos teus colegas teus familiares...


Nossos familiares...



Nossos iguais, trabalhadores e trabalhadoras pois pertencemos a esta classe social os que não são donos dos meios de produção.



Porque precisamos de todos juntos para articular um Brasil melhor, ja que vivemos aqui...



se continuarmos dizendo que a politica é ruim, que a democracia é ruim, que é tudo um bando de ladrão de corrupto e internalizarmos isto como uma verdade absoluta...



sabe o que vai acontecer?????



Teremos que perder o direito de votar, e ai minha amiga o que será de nós...




Quem ira representar a gente...



Uma ditadura militar, como a tantos anos ja foi???



No tempo da ditadura, matavam as pessoas que ousassem questionar pro bem e pro mal o sistema, sumiam com todo mundo...





Eu nesse tempo bem como todas as outras pessoas que participam do cenário politico partidário esquerdista era preso como um contraventor...





Mas uns lutaram contra isso a Dilma principalmente, foi presa estuprada humilhada mas mesmo assim conseguiu chegar onde chegou...





E o melhor garantir que pessoas como eu como tu tivessemos a liberdade de trocar esse e-mail assuntando sobre politica.







Goste da Dilma, Goste de politica...Goste do Brasil...





E apareçe pruns mates...


Saudações socialistas


Vote 13, vote Dilma

JULIANE SILVEIRA

LUTADORA SOCIAL

sexta-feira, 24 de setembro de 2010

ESTIMADOS COLEGAS...










Agradeço sinceramente a homenagem e peço licença pra lhes falar em meu nome...








Agradecer ao fato de descidirmos galgar a estrada do aprendizado, descidirmos optar por uma profissão que com certeza não é por a caso...








Ser assistente social é mais que ser um, profissional competente, pois podemos através de nosso empenho propor alternativas, estar ao lado do nosso usuário e principalmente projetarmos neste um igual...








Somos todos trabalhadores, e queremos juntos transformar este mundo num lugar melhor...








Temos direitos...e precisamos despertar sempre a nossos iguais a consciência critica a cerca da cidadania...








Temos sempre que nos colocar ao lado de nosso usuário...




Sem rótulos e sem nossas mesmices...








É pra isso que ingressamos num saber que nunca esta pronto, por isso que devemos sempre buscar qualificação, assim teremos melhor destreza nas tais manifestações da questão social tão simples e complexas no cotidiano acadêmico e daqui a pouco profissional...








Enfim agradeço aos colegas que trilharam esses 10 anos de Curso e constituiram base suficiente sólida pra fazer a transformação utópica talves mas necessaria numa sociedade que tem o direito de ser automa e igualitaria...








Beijos








JULY

quarta-feira, 22 de setembro de 2010

UM BRINDE A ARTE...


Estou a brindar sólita com uma taça de vinho a arte e a beleza...

Isso porque hoje tive o prazer de prestigiar uma das Papisas do Serviço Social, Drª Maria Lucia Martinelli, uma senhora adoravel um gênio, que com sua doce presença no Seminário Comemorativo aos 10 anos do meu curso na Unifra ministrou uma palestra que podia durar o dia todo de tão interessante...


Uma das considerações desta foi a importância dos assistente sociais, aguçar sua sensibilidade através da arte, da poesia, do teatro, da música enfim do apreciar o belo, pra assim moldar seu instinto natural de debruçar se sobre os problemas cotidianos dos sujeitos e endurecer se diante de tantas desgraças que chegam no espaço sóciocupacional...


Através da apreciação da arte, souvermos da leveza necessária para ampliar nossa visão de mundo e descortinar a névoa, que obstaculiza o diálogo, capaz de atenuar uma circunstância dificil que o outro esteja passando...diante dos determinantes maiores que nós...


Também brindo a uma amiga, Daniela Neu poetisa que me permitiu dividir neste espaço virtual um pouco de sua sensibilidade, sua arte...Parabéns...





Monólogo(Daniela Damaris Neu)


Ai, dor de mim que não me deixa,dor de mim que me acompanha...


Qual dor será maior, amor meu,


a dor de perder-te pouco a pouco,em angústia e comoção,


ou a de sequer te ter pra te perder?


Tenho um pouco de ti, amor, um pouco, ao menos?


A dor maior, amor, é ter de calar um rio de lágrimas


em meu peito sofredor, lágrimas sôfregas,


lágrimas caladas em madrugadas de não-solidão


nos recônditos de um coração partido, amor, em teu favor, em nosso...


Não te vás, amor meu, que é cedo,e o medo, amor, é parte também de mim...


Não vás, ainda, não, não vás...


Que em nosso enredo, sequer em pensamento, não cabe morte, não cabe fim.


Meus olhos, amor, já não sorriem.


Guardam-se para ti. Sorriem os lábios, embora ressequidos...


Mas os olhos, amor, refúgio de lembranças,


guardam-se só pra ti, amor meu.


Meu corpo é um jardim sozinho sem poda, sem rega,com minhas mornas lágrimas por único alimento...


As flores em mim se fecharam, amor, murchas e abandonadas,


aguardam raios de sol pra reabrir...


Não te vás, amor, é tão cedo...


Deixa que te proteja em meu colo,


que te acarinhe os cabelos...


Deixa que te ame em silêncio,até que aponte a primavera,outra vez, em notas de doce emoção.


sábado, 11 de setembro de 2010

Quem cabe dentro do seu todos??


Essa semana participei da Parada LIVRE de Santa Maria, me senti em casa lógico era uma atividade bastante politizada.

Foi lá na GARE, (detalhe, deveria ser no Largo da Locomotiva como sempre, mas imagina se nosso prefeito iria permitir?E se as gurias loucas pintassem um arco iris sob aquela pichação em homenagem a Santa Maria) heheheh



De uma forma bastante irreverente manifestavam sua arte, sua beleza e seu descontentamento com a chaga do preconceito homofóbico.



Um evento muito bonito, com música shows de travestis, com profissionais do sexo que com orgulho demonstravam sua luta pelo um espaço social de expressão e convivência respeitosa.



A parada comemorou 10 anos na nossa cidade...

No inicio eram 40 pessoas, naquele dia devia ter umas 300, muitas crianças inclusive, parabenizo os pais por apresentarem a seus filhos uma realidade sem mistérios, onde a opção sexual de cada individuo cabe unicamente a este, ensinarem a seus pupilos que pessoas amam pessoas independente dos estereótipos de propaganda de marca de margarina a popular familia tradicional nuclear...

Meus filhos, se eu tiver também serão educados dentro de uma pespctiva de inclusão, respeito a diversidade e o mais importante comprendendo que as pessoas manifestam sua afetividade de várias formas e que nenhuma dessas é feia ou errada ou distorcida.


Segundo o senso do IBGE a população brasileira GLBT são quase10%, toda esta parcela encontra barreiras sociais intrasponiveis seja na familia, no ciclo social, na escola enfim são cidadãos que tem seus direitos obstaculizados em detrimento de sua orientação sexual e isso com certeza é fruto da ignorancia, do preconceito e da intolerancia ao diferente.



Dados apontam que a cada dois dias um homossexual é assassinado no Brasil! Isso é uma lastima, afinal a violencia psicologica moral e fisica que uma pessoa vivencia apenas por decidir relacionar se com um outro ser do mesmo sexo...



A homofobia deve ser criminalizada, só assim o preconceito poderá ser atenuado já que perante a carta magna somos todos iguais homens e mulheres...



Ainda a importância da utilização do nome social, já que a grande maioria dos travestis ou transex são conhecidos por um nome que ele atribuiu quando descobriu- se adaptado a uma nova identidade sexual.



A discussão do tema diversidade desde a mais tenrra idade escolar facilitaria e muito a socialização respeitosa entre os individuos, quem sabe até a plena autonomia de idéias, eliminação de discriminação e integração na vida sócio economico e politico cultural.


Outra questão que chama muito minha atenção é o número de profissionais do sexo travestis que trabalham na noite e todo o risco que esses estão expostos...

Mas que alternativas sobram pra esse segmento já que intuitivamente são marginalizados e se não tiverem dotes artisticos pra trabalhar no ramo da beleza são fadados a prostituição, ou sejamos hipócritas em enumerar outras tantas alternativas de emprego!!!


Outra tematica pertinente é a configuração da união homoafetiva e o reconhecimento dessas como familia, capazes inclusive de adotar uma criança.

Afinal comprender que um infante sendo criado, educado num seio familiar com amor será um adulto com muito mais potencial que se ficar depositado num abrigo, alguns legisladores ja estão legitimando uniões e adoções homoafetivas isso é um bom indicio.


Embora ainda exista pessoas ignorantes, preconceitosa e perversas que acreditem o contrário, quanta estupidez!!


Se até Fidel Castro, reconheceu no auge de seus 83 anos a injustiça que cometeu contra gays no regime castrista perseguindo e apartando socialmente homens por entender que o comportamento homo era contrarevolucionário; acredito que você que talves tenha a luz de humanidade e sociedade que deve existir em cada um desconstrua suas opiniões errôneas sobre a identidade sexual e noções de normalidades...
Afinal sempre tempo de aprender e civilizar se!!!!

domingo, 5 de setembro de 2010

Pretérito mais do que perfeito!!


Hoje assisti a um filme tão inteligente e bonito que me fez recordar a infância: Max e Mary uma amizade diferente, a estória é ótima é uma animação tão perfeita que vale a pena conferir...

Eu assisto na internet mesmo, no site Armagedon filmes on line...

Mas voltando a minha infância e o quanto fui feliz naquele tempo em que pouco me fazia tão bem, éramos uma familia numerosa sempre morei com meus avós e neta criada com vó, vcs sabem o que dá, minhas vontades quase sempre ficavam em primeiro lugar...

Eu não tinha vontades dificeis, uma fanta uva na escola as vezes me fazia triunfar, assinar um questionário das colegas que tinham cadernos sobrando pra inventar uma bobagem dessas, ir a biblioteca e escolher um livro do Monteiro lobato, nossa era a glória...

Hoje pra celebrar este dia fiz uma receita de uma merenda escolar, (polenta com molho só que com pimenta e creme de leite)sempre merendei na escola nunca tive um lancheira e nunca tinha nada de bom em casa pra eu levar pros recreios do Pillar, então eu merendava no refeitório da escola: sopa de massa com feijão. sopa de letrinhas e legumes, leites sabor abacaxi, morango, baunilha, banana ou chocolate com bolachas maria (queria um dia voltar a um refeitório de escola pública será que anda tem essas gostosuras??)
Mas o mais legal sobre isso é que eu como sempre merendei lá, as tias do refeitória me adoravam e muitas vezes elas me traziam algo diferente um bolo feito em casa, uma fruta ou um doce ai eu tinha que comer escondida la na dispensa heheeheh, essa era a vantagem de nunca ter feito cara de nojinho ao ver o cardapio escolar...

Mesmo assim minha infância foi perfeita, eu tinha criatividade pq não tinha brinquedos legais da ESTRELA e naquele tempo com certeza não existia o R$1,00 real pra comprar barbyes falsificadas entre outras parafernalias utópicas de meninas...Eu confeccionava com retálhos que sobravam das costuras da minha vó, altos modelitos pra minhas bruxinhas...

Eu adorava brincar com meu mano, e os piá da rua de cima de jogar bulita, de subir em arvores,cinco cortas, de banco imobiliário e de carrinho, a de jogo de botão também até um dia que demonstrarão certa preucupação em eu me relacionar mais com os guris e brincar de coisas de menino que perigo será poderia ser??

E os carnavais no Caixeral!!
Minha mãe fazia um esforçinho e me comprava uma fantasia, de bailarina ,de grilo ,de colombina... Tinha cirilinha e pastel...Que tempo felizzz...

Que saudade das tardes que eu ia pra Vila Carolina na casa da minha prima Leninha (eu pegava o ônibus sozinha) ja era quase grande, sabia descer perto da Vó Olinda e andar de caloi CECI, nunca tive bicicleta dava voltinhas nas da Lena e da Léia minhas primas que eu adoro até hoje e andava no balanço competindo quem ia mais alto, brincavamos também de concurso de lambada essa eu sempre fui bem até hoje gosto de me requebrar...

Sei que meu pretérito é mais que perfeito e agradeço a todos que fizeram parte dele...

segunda-feira, 16 de agosto de 2010

Detesto analfabetos políticos!!!


As pessoas deveriam interessarsse um pouco mais pela representação democratica, pela boa politica e pelas construções que acontecem diariamente em torno das assembléias onde homens e mulheres eleitos desenvolvem um enfrentamento cotidiano aos desmanches do Estado frente a direitos constituídos e que não são respeitados.

Isso é politica e não necessáriamente é a parafernália ridicula da politicália que veículos de comunicação teimam a noticiar, a politica é importante pois é o resultado de um movimento democratico onde os nossos representantes devem defender, ampliar e principalmente propor alternativas para termos a tal justiça social.

Falo do lugar de quem milita a algum tempo, defendendo idéias na qual acredito mas percebo o quanto apáticas as pessoas se mostram diante das campanhas politicas, bom se ta tudo errado devemos reconhecer nossa parcela de culpa diante de tal engodo...

Já que nós é que vamos as urnas, nós é que entregamos responsabilidades a outrens, então se daqui a pouco considerarmos o sistema politico brasileiro como um balaio de gatos: corruptos e corruptores isso significa que também compactuamos com o emporcalhamento da democracia!!!

Até onde sei a atual candidata a presidente a companheira DILMA tem uma trajetória invejavel, como gestora pública, sempre teve conduta exemplar nos diversos espaços politicos ocupados em termos de competência acredito que se equipara ao LULA e não é a toa que foi ministra chefe da Casa Civil... Pensou o PAC...e transformou o Brasil num canteiro de Obras tá certo que muito ainda necessita ser feito mas o Brasil esta no rumo do desenvolvimento...

As pesquisas apontam uma vitória em primeiro turno pra o PT...

Que sonho heim uma mulher presidente...

Enquanto isso eu na minha humilde campanha enfrento comentários ridiculos como de um senhor que disse: eu não voto nessa comunista, até presa ela foi é uma bandida...

Absurdo heim será que este senhor da se conta de que se hoje ele tem direito de expressar-se, de votar é justamente graças a uma lutadora como a DILMA????

Ou então uma mulher que teve o disparate de me dizer: não voto nessa mulher porque lugar de mulher é na cosinha...

Não perdoei...quem te ensinou isso? teu pai, teu marido?

Mesmo assim acredito de verdade que as mulheres elegeram sim nossa presidente eu sou uma delas e você????

quinta-feira, 5 de agosto de 2010

Recebi por e-mail, gostei e repasso!




O linguista estadunidense Noam Chomsky elaborou a lista das “10 estratégias de manipulação” através da mídia:


1- A ESTRATÉGIA DA DISTRAÇÃO.O elemento primordial do controle social é a estratégia da distração que consiste em desviar a atenção do público dos problemas importantes e das mudanças decididas pelas elites políticas e econômicas, mediante a técnica do dilúvio ou inundações de contínuas distrações e de informações insignificantes. A estratégia da distração é igualmente indispensável para impedir ao público de interessar-se pelos conhecimentos essenciais, na área da ciência, da economia, da psicologia, da neurobiologia e da cibernética. “Manter a atenção do público distraída, longe dos verdadeiros problemas sociais, cativada por temas sem importância real. Manter o público ocupado, ocupado, ocupado, sem nenhum tempo para pensar; de volta à granja como os outros animais (citação do texto 'Armas silenciosas para guerras tranqüilas')”.


2- CRIAR PROBLEMAS, DEPOIS OFERECER SOLUÇÕES.


Este método também é chamado “problema-reação-solução”. Cria-se um problema, uma “situação” prevista para causar certa reação no público, a fim de que este seja o mandante das medidas que se deseja fazer aceitar. Por exemplo: deixar que se desenvolva ou se intensifique a violência urbana, ou organizar atentados sangrentos, a fim de que o público seja o mandante de leis de segurança e políticas em prejuízo da liberdade. Ou também: criar uma crise econômica para fazer aceitar como um mal necessário o retrocesso dos direitos sociais e o desmantelamento dos serviços públicos.


3- A ESTRATÉGIA DA GRADAÇÃO.


Para fazer com que se aceite uma medida inaceitável, basta aplicá-la gradativamente, a conta-gotas, por anos consecutivos. É dessa maneira que condições socioeconômicas radicalmente novas (neoliberalismo) foram impostas durante as décadas de 1980 e 1990: Estado mínimo, privatizações, precariedade, flexibilidade, desemprego em massa, salários que já não asseguram ingressos decentes, tantas mudanças que haveriam provocado uma revolução se tivessem sido aplicadas de uma só vez.


4- A ESTRATÉGIA DO DEFERIDO.


Outra maneira de se fazer aceitar uma decisão impopular é a de apresentá-la como sendo “dolorosa e necessária”, obtendo a aceitação pública, no momento, para uma aplicação futura. É mais fácil aceitar um sacrifício futuro do que um sacrifício imediato. Primeiro, porque o esforço não é empregado imediatamente. Em seguida, porque o público, a massa, tem sempre a tendência a esperar ingenuamente que “tudo irá melhorar amanhã” e que o sacrifício exigido poderá ser evitado. Isto dá mais tempo ao público para acostumar-se com a idéia de mudança e de aceitá-la com resignação quando chegue o momento.


5- DIRIGIR-SE AO PÚBLICO COMO CRIANÇAS DE BAIXA IDADE.


A maioria da publicidade dirigida ao grande público utiliza discurso, argumentos, personagens e entonação particularmente infantis, muitas vezes próximos à debilidade, como se o espectador fosse um menino de baixa idade ou um deficiente mental. Quanto mais se intente buscar enganar ao espectador, mais se tende a adotar um tom infantilizante. Por quê?“Se você se dirige a uma pessoa como se ela tivesse a idade de 12 anos ou menos, então, em razão da sugestionabilidade, ela tenderá, com certa probabilidade, a uma resposta ou reação também desprovida de um sentido crítico como a de uma pessoa de 12 anos ou menos de idade (ver “Armas silenciosas para guerras tranqüilas”)”.


6- UTILIZAR O ASPECTO EMOCIONAL MUITO MAIS DO QUE A REFLEXÃO.


Fazer uso do aspecto emocional é uma técnica clássica para causar um curto circuito na análise racional, e por fim ao sentido critico dos indivíduos. Além do mais, a utilização do registro emocional permite abrir a porta de acesso ao inconsciente para implantar ou enxertar idéias, desejos, medos e temores, compulsões, ou induzir comportamentos…


7- MANTER O PÚBLICO NA IGNORÂNCIA E NA MEDIOCRIDADE.


Fazer com que o público seja incapaz de compreender as tecnologias e os métodos utilizados para seu controle e sua escravidão. “A qualidade da educação dada às classes sociais inferiores deve ser a mais pobre e medíocre possível, de forma que a distância da ignorância que paira entre as classes inferiores às classes sociais superiores seja e permaneça impossíveis para o alcance das classes inferiores (ver ‘Armas silenciosas para guerras tranqüilas’)”.


8- ESTIMULAR O PÚBLICO A SER COMPLACENTE NA MEDIOCRIDADE.


Promover ao público a achar que é moda o fato de ser estúpido, vulgar e inculto…


9- REFORÇAR A REVOLTA PELA AUTOCULPABILIDADE.


Fazer o indivíduo acreditar que é somente ele o culpado pela sua própria desgraça, por causa da insuficiência de sua inteligência, de suas capacidades, ou de seus esforços. Assim, ao invés de rebelar-se contra o sistema econômico, o individuo se auto-desvalida e culpa-se, o que gera um estado depressivo do qual um dos seus efeitos é a inibição da sua ação. E, sem ação, não há revolução!


10- CONHECER MELHOR OS INDIVÍDUOS DO QUE ELES MESMOS SE CONHECEM.


No transcorrer dos últimos 50 anos, os avanços acelerados da ciência têm gerado crescente brecha entre os conhecimentos do público e aquelas possuídas e utilizadas pelas elites dominantes. Graças à biologia, à neurobiologia e à psicologia aplicada, o “sistema” tem desfrutado de um conhecimento avançado do ser humano, tanto de forma física como psicologicamente. O sistema tem conseguido conhecer melhor o indivíduo comum do que ele mesmo conhece a si mesmo.

Isto significa que, na maioria dos casos, o sistema exerce um controle maior e um grande poder sobre os indivíduos do que os indivíduos a si mesmos.

quarta-feira, 4 de agosto de 2010

Felicidades de uns tristezas dos outros!

Hoje eu vi um gatinho de roupa de lã....Heheheheh

É a vida tem dessas coisas, enquanto uns festejam o gélido ar que branqueia os horizontes outros perdem seus filhos na tristeza do frio e da miséria.


Nesta semana uma familia pobre de Rio Grande não teve o que comemorar durante um incêndio em sua humilde casa, uma vela a única luz e calor que esses pobres diabos pudiam vislumbrar causou o sinistro fogo que levou além do pouco que tinham, a vida de dois de seus filhos, (um ainda está mal no hospital)...


Uma triste realidade que permeia o universo das muitas familias pobres de nossa região, que sem os serviços e bens primários como luz e água enfrentam o tépido rigor de um inverno que gela, consome e castiga muitas pessoas que não contam com nenhum tipo de luxo como nós...
Temos vinho, temos chocolate quente, temos ar condicionado, temos paredes sem frestas, uns dez casacos que enjoamos no armário, temos cobertores pesados, cama, tapetes, toucas, água pro mate quente, chuveiro quente, estufinha, comidas quentes, temos tudo e mesmo assim queremos mais frio, queremos neve...


Ver nos noticiários os abastados tirando fotos e festejando a neve é meio embaraçoso...


Pensar na grana que a Serra irá faturar com os turistas ávidos por NEVE neste semana é um ultraje se pensarmos nas tantas familias que sofreram o frio e nenhuma possibilidade de aquecimento...


Espero que tanto frio sirva pra aquecer nosso coração ao menos e não banalizarmos o sofrimento alheio, não considerarmos que pessoas morram de frio seja natural, ou que morram devido a fatores como este uma vela que ilumina um ambiente também traga as trevas a uma família que precisa encarar a vida diante de tanta tristeza e desigualdade.

sexta-feira, 30 de julho de 2010

Férias, filmes e edredom...


Bom nestas férias o que mais fiz foi assistir filmes on line, alias nunca mais gasto grana com locadora. Também dei uma passadinha em Gramado antes do temporal que escolhambou tudo por lá...

Um filme que acabei de assistir e me enxerguei foi Peter e Wendi que é uma estória não cronológica sobre um casal que se conhece, termina, se apaixona, convive, pede comida vive em familia...Lindo

Me fez lembrar meus amores, como é especial quando conhecemos alguém tudo é novidade, tudo é tão mágico o beijo, o toque, uma ligação, um convite.

E como é ruim quando se percebe que não se é como antes, igual mesmo que tenha amor não tem mais surpresas a não ser as desagradaveis que as vezes teimam em aparecer...

E o fim nossa o fim de um namoro é terrivel cada qual procurando o culpado que na verdade não existe, ter que explicar o término pra os outros que sempre indagam, ter que deixar aqueles amigos q eram os amigos dele e não nosso meio que de lado.

De qualquer forma o filme que vi retrata muito sobre isso, eu amei até porque acho que nos relacionamentos o bom é isso é a mágica, é o conhecer o se reinventar o conviver em harmonia que ne sempre é facil, é o resistir as tentações que teimam em cruzar nossas vidas em detrimento da paz e do amor...mas um pouco de sacanagem as vezes é bom também...dá brilho...

Na próxima semana retomo as atividades, o último semestre da facul faltam menos de seis meses pra eu ser uma assistente social hum que bom não vejo a hora...E que venha agosto e que venha o segundo semestre e que eu sempre tenha estórias de amor como a do filme emocionantes...

segunda-feira, 26 de julho de 2010


Não tenho vontade de acordar... a janela barra minha visão destes dias cinzentos...

Não tenho dores...mas algo me falta...sei bem o que é mas ao mesmo tempo não busco remediar!

Os dias passam e percebo que preciso resolver porém deixo sempre pra mais tarde...

Tenho sonhos e perspectivas e tenho medo de literalmente cair do cavalo...

O tempo passa tão rápido e eu o vejo passar com uma certa inquietação.

Quero viver intensamente, preciso de paz e de afetividade, compreenssão e subverssão...

Não sei até quando essa monotona constatação será presente na minha vida;só o que sei é que as luzes estão por se apagar será que sobreviverei a escuridão...

domingo, 25 de julho de 2010

É sempre amor mesmo que mude, é sempre amor mesmo que acabe...















O titulo é uma música da Bide ou Balde que fez um show esta semana e eu queria ir no fim não fui: mesmo que mude...





Assim é a paixão que as vezes percebemos ter passado, seja por um ser, por algo inanimado...Como é embaraçoso percebermos que o amor enfraqueceu...que a paixão esmoeceu...onde foi meu entusiasmo ao pensar sobre aquilo que antes me enchia de extase? Onde adormece a paixão;quando mais precisamos dela?Olha o período que estamos vivenciando? Cadê minha bandeira???





Já dizia um sábio durante uma conversa de bar: Politica é Maquiavel...portanto não tem porque ser tão apaixonada... São acordos pra que se alcance algo que é possivel...e necessário para o bem de todos ou de uns????





Fato é que a cada dia infelizmente tenho acreditado menos; que através da participação orgânica dentro de uma instituição praticamente falida como a politica partidária pode contribuir para melhorar as coisas por aí... Sabe porque? Porque o discurso é um a ação é outra...





Não estou aqui sendo hipócrita de dizer que a versão romancista da politica partidária eu já não conhecia, não sou nem nunca fui uma militonta porém é dificil comprender o processo de construção de idéias semiprontas quando se está no olho do furacão...





Isso é o que mais tem me desmotivado enquanto lutadora social é estar cotidianamente vislumbrando a realidade perversa em que nossa gente enfrenta, diante de soluções minimas engendradas por representantes constituídos politicamente por um discurso lindo mas que não tensiona,não modifica pior só apara as arestas desta tal questão social.





E mais uma vez os discursos estão inflados e mais uma vez a grande massa não está nem ai pra o período, alias depois desta maldita copa que o Brasil perdeu as pessoas estão atonitas e nem afim de analisar candidatos, siglas propostas...





Não crêem, reclamam, ou pior são indiferentes ao processo reproduzindo o discurso global do balaio de gatos mas dia três de Outubro irão exercer sua cidadania de papel...





Uma lastima...





Seria tão bom se esse processo acontecesse de forma mais reflexiva, responsavel!





Enquanto isso o meu amor mesmo adormecido é sempre amor...mesmo que mude e espero que nunca acabe...










quarta-feira, 19 de maio de 2010

Ela é doida demais...


Sei que tem muitas pessoas que me acham um tanto insana, não sei porque afinal sou uma garota até normal demais, estudo, trabalho, vejo tv, saiu, bebo, não dirijo conto estórias heheheh...doida não sei porque, tá as vezes tenho ataques de sinceridade do tipo ja te disse que não suporto vc??? é sou verdadeira isso é ser louco...ou então conto segredos meus que são incontaveis hehehe ,me mato rindo das minhas desgraças que são poucas...

Fico de ressaca e me preparando pra próxima, falo com estranhos até consigo sorrir para estranhos na rua...falo sosinha... antes de dormir penso na vida imagino hipoteses de futuro promisso com desgraças, sucessos imagino e as vezes até me animo ou choro...

planejo coisas que sei que não vão ocorrer nunca... coisa doida... Tenho vontades vontades estranhas e o pior atendo sem pensar... carrego livros pra cima e pra baixo esses que nem sempre leio...

Olho e finjo que entendo...Faço cara de entendida no assunto depois penso porque não questionei mais...

Me planejo e não me disciplino...

Invento verdades pra eu crer e abstraio o que não quero comprender...me preocupo com o hoje e com prazeres momentaneos...

Quero tudo sempre, quero coisas pessoas, atividades quero ser o centro das atenções quero coordenar, ordenar e ser agraciada com elogios isso é ser louca???

BRUHHHH ja tive crises de loucura...Passou sou normal acredite....

Pra que ser a corretinha? a certinha? acho que os certinhos muitas vezes são uns otários...talves eu até seja uma verdadeira otária...quem sabe...

sexta-feira, 14 de maio de 2010

Hoje eu sonhei que tinha um filho...


Diariamente tenho contato com mães, mães que tentam cuidar dos filhos e que fazem o melhor dentro do possivel para manter o desenvolvimento sadio, mães que saem cedo deixam os filhos nas creches para ir pro trabalho faculdade...

Tenho visto tantas mulheres gravidas, bonitas inclusive sendo que sempre achei mulheres gravidas feias imagino eu ficaria como uma pata...

Mas nesta noite sonhei que tinha tido um filho, eu tava feliz ele era lindo saudavel todo meu pelo menos no sonho. Me acordei com uma vontade de ja ter sido mãe, mas claro que depois passou foi um devaneio, to chegando próximo dos 30 anos quem sabe é isso, mas aquele bebê era legal.

Algumas vezes acompanho intervenções com mães, mães estas muito diferentes das que eu convivo, mães sem informação, com pouca estrutura economica na maioria das vezes sem um trabalho capaz de garantir alimentos e remédios se os filhos precisarem, mães que não planejaram filhos mas que os tiverão e os deixam crescer ao leo...

Essas mães devem sim amar seus filhos, da maneira delas e com todas as dificuldades todas as privações enquanto mulheres, mães cidadãs...

Lembrei do dia das mães que foi domingo, tive saudades da minha vó que me criou como filha mas ja morreu...lembrei de várias pessoas que ja não estão com suas mães e lembrei também de tantas pessoas que nem souberam o que é ter uma mãe...isso sim é cruel...

Mas de qualquer forma acho que este sonho se formou porque passei o dia todo pensando num gato hehehehe o que tem a ver um gato com ser mãe...tem a ver que encontrei uma caixinha com um gatinho bebe tapado com um pano, num frio miando baixo e ai pegar ou não pegar , eis a questão tive pena do gato, mas pensei será que eu posso sosinha criar um gato, alimentar, dar vacina, dar afeto limpar cocos eka não, deixei o gato torcendo para que nenhum cão bravo o comesse... Que coisa se nem dum gato ouso cuidar quem sabe uma criança... Só em sonho que serei mãe...heheheheh

(não pensem que sou má por não adotar o gato, tenho um peixe e se o gato comesse meu peixe?)

voltei pelo mesmo caminho atardinha e se o gato ainda estivesse lá eu o teria pego, mas não tava tomara que tenha tido um bom cuidador...

terça-feira, 11 de maio de 2010

Dia 15 de Maio é o dia do assistente social!


Neste sabado será comemorado o dia do assistente social a profissão que eu escolhi. To bastante ansiosa para atuar profissionalmente, por enquanto deixo abraço e algumas palavras a todos os profissionais do serviço social...


Ser uma assistente social é uma profissão de quem acredita poder fazer a diferença nos entempéries de um mundo que não deixa muito espaço para os que não nasceram em berço de ouro.


E uma profissão que requer muita habilidade e capacidade para encontrar caminhos estratégicos onde muitas possibilidades já foram perdidas ou nem mesmo oportunizadas.


É ser um altruísta, pois diante de tantas portas que se fecham é aquele profissional que irá transpor barreiras e que irá orientar caminhos possíveis de se concretizar a justiça social.


É se deparar com situações que fazem agradecermos a vida que possuímos...mas tirar lições positivas de cada dilema e o melhor sentir que pode viver com isso.


É desvelar o que esta implícito com sabedoria bom senso e responsabilidade.


É atender um usuário e conseguir visualizar o que está além das expressões que nos são nitidas, pois compreendemos que por traz deste sujeito há uma estória, uma caminhada e uma razão deste estar em determinada situação.


É não aceitar que o sistema ultraje vidas...é informar, orientar e oportunizar otimismo.


É desenvolver a capacidade de transformar realidade com pequenas intervenções e conhecimento critico.


É animar-se e desanimar e ainda insistir com aquelas famílias que cruzam nosso cotidiano de trabalho, pois é com seres humanos que trabalhamos e esses muitas vezes não agem da forma como entendemos ser o melhor...


Mas sem julgar continuamos acreditando que estar na profissão de assistente social poderá fazer deste mundo um lugar melhor pra viver.



(Atendendo a pedidos da coordenação do curso eu e o Rodrigo Prado escrevemos este texto, espero que tenha ficado bom).

terça-feira, 20 de abril de 2010

Até que a morte nos separe...


Não vou falar sobre casamentos até porque este assunto requer experiência que não vivi nem sei se viverei...Mas quero deixar algumas indagações aqui sobre as homenagens póstumas...
Primeiro acho muito intrigante ao me deparar com este tipo de fenomeno...nos jornais mensagens aos que ja partiram...poxa será que é preciso a pessoa morrer para que os familiares o lembrem nos jornais, copiem poemas poesias rezem missas? lembrem da fé...
Outra coisa orkut, msn me diz se tem cabimento onde esta a racionalização de quem após a morte de um ser querido deixe um recado no msn ou no orkut? Será que após a morte tem como acessar este espaços?
E nos velórios nunca aparecem para visitar mas no velória tem que ir...pra que morto enxerga?
Só deixo aqui essas dúvidas pq penso que precisamos sim homenagear as pessoas, mandar recados, visitar confortar demonstrar públicamente a afetividade quando se é vivo, flores devem ser mandadas aos vivos pois nos cemitérios ninguém ficara feliz...
Não acredito em vida após a morte...Penso morreu acabou o que fica são lembranças, por isso nada de rezas, de homenagens de flores de recadinhos no orkut no msn, nada de ir levar flores no tumulo me façam homenagens enquanto sou viva...Pensem nisso!
é preciso amar as pessoas como se não houvesse o amanhã...

sábado, 3 de abril de 2010

Coelhinhos da pascoa o que trazes pra mim?


Há muitos anos atras uns vinte pelo menos, nesta noite véspera de Pascoa eu a estas horas ja estava na cama ansiosa pra acordar com algum barulhinho feito pelo Sr. Coelho da Páscoa, ele entrava pelo buraco da fechadura e trazia uma cesta com um monte de doces, ovos bombons hum as vezes ele trazia até brinquedos, o coelho muitas vezes escondia os ovinhos lá no pátio da minha bisavó e ai sim era uma aventura encontrar...

Até eu ficar grandinha lá pelas 11 anos e vir a droga da minha menstruação eu ganhava doces e acreditava nos coelhinhos da páscoa, fantasiava mil coisas depois cresci e ai já pudia tomar um vinhozinho na sexta feira santa...

Alias sabemos que não somos mais tão crias quando os pais ja permitem que façamos coisas de adultos, como sair a noite e ficar até tarde e ou beber algo de alcool nas festinhas da familia,

Lembrando disso lembrei do meu primeiro porrão foi aos seis anos, acreditem começei cedo nesta vida de cachaça foi no casamento da minha tia, fizemos a festa em casa eu e o mano fomos pra baixo da mesa e tomavamos todos os restinhos de cidra que sobrava nos copos e garrafas hahahahaha que porre...Outra coisa imbecil que eu fazia era pegar as bitucas de cigarro da minha avó acender e brincar de fumar eka ainda bem que não peguei o vicio...

Quando somos crias o mundo adulto é tão facinante, lembro que quando eu via minhas tias se arrumando pra sair eu ficava louca pra ir junto, depois que elas saiam eu tinha uns nove dez anos eu pegava as roupas sapatos e maquiagens e ficava brincando de panacéia bar (era o lugar onde elas iam) eu colocava então um disco do roxette e ficava curtindo...O vida boa, o imaginação fértil de criança.

Enfim hoje acho que não vai vir nenhum coelhinho me trazer bombons mas igual vou ficar atenta...

quarta-feira, 31 de março de 2010

Enfim acabou a palhaçada!

Cordelista natural de Santa Bárbara-BA,residente em Salvador.

Curtir o Pedro Bial
E sentir tanta alegria
É sinal de que você
O mau-gosto aprecia

Dá valor ao que é banal
É preguiçoso mental
E adora baixaria.

Há muito tempo não vejo
Um programa tão ‘fuleiro’
Produzido pela Globo
Visando Ibope e dinheiro

Que além de alienar
Vai por certo atrofiar
A mente do brasileiro.

Me refiro ao brasileiro
Que está em formação
E precisa evoluir
Através da Educação

Mas se torna um refém
Iletrado, ‘zé-ninguém’
Um escravo da ilusão.

Em frente à televisão
Lá está toda a família
Longe da realidade
Onde a bobagem fervilha

Não sabendo essa gente
Desprovida e inocente
Desta enorme ‘armadilha’.

Cuidado, Pedro Bial
Chega de esculhambação
Respeite o trabalhador
Dessa sofrida Nação

Deixe de chamar de heróis
Essas girls e esses boys
Que têm cara de bundão.

O seu pai e a sua mãe,
Querido Pedro Bial,
São verdadeiros heróis
E merecem nosso aval

Pois tiveram que lutar
Pra manter e te educar
Com esforço especial.

Muitos já se sentem mal
Com seu discurso vazio.
Pessoas inteligentes
Se enchem de calafrio

Porque quando você fala
A sua palavra é bala
A ferir o nosso brio.

Um país como Brasil
Carente de educação
Precisa de gente grande
Para dar boa lição

Mas você na rede Globo
Faz esse papel de bobo
Enganando a Nação.

Respeite, Pedro Bienal
Nosso povo brasileiro
Que acorda de madrugada
E trabalha o dia inteiro
Da muito duro, anda rouco
Paga impostos, ganha pouco:
Povo HERÓI, povo guerreiro.

Enquanto a sociedade
Neste momento atual
Se preocupa com a criseEconômica e social

Você precisa entender
Que queremos aprender
Algo sério – não banal.

Esse programa da Globo
Vem nos mostrar sem engano
Que tudo que ali ocorre
Parece um zoológico humano

Onde impera a esperteza
A malandragem, a baixeza:
Um cenário sub-humano.

A moral e a inteligência
Não são mais valorizadas..
Os “heróis” protagonizam
Um mundo de palhaçadas

Sem critério e sem ética
Em que vaidade e estética
São muito mais que louvadas.

Não se vê força poética
Nem projeto educativo.
Um mar de vulgaridade
Já tornou-se imperativo.

O que se vê realmente
É um programa deprimente
Sem nenhum objetivo.
Talvez haja objetivo“professor”, Pedro Bial

O que vocês tão querendo
É injetar o banal
Deseducando o Brasil
Nesse Big Brother vil
De lavagem cerebral.

Isso é um desserviço
Mal exemplo à juventude
Que precisa de esperança
Educação e atitude

Porém a mediocridade
Unida à banalidade
Faz com que ninguém estude.

É grande o constrangimento
De pessoas confinadas
Num espaço luxuoso
Curtindo todas baladas:

Corpos “belos” na piscina
A gastar adrenalina:
Nesse mar de palhaçadas.

Se a intenção da Globo
É de nos “emburrecer”
Deixando o povo demente
Refém do seu poder:
Pois saiba que a exceção(Amantes da educação)
Vai contestar a valer.

A você, Pedro Bial
Um mercador da ilusão
Junto a poderosa Globo
Que conduz nossa Nação
Eu lhe peço esse favor:
Reflita no seu labor

E escute seu coração.
E vocês caros irmãos
Que estão nessa cegueira
Não façam mais ligações
Apoiando essa besteira.

Não deem sua grana à Globo
Isso é papel de bobo:
Fujam dessa baboseira..

E quando chegar ao fim
Desse Big Brother vil
Que em nada contribui
Para o povo varonil

Ninguém vai sentir saudade:
Quem lucra é a sociedade
Do nosso querido Brasil.

E saiba, caro leitor
Que nós somos os culpados
Porque sai do nosso bolso
Esses milhões desejados

Que são ligações diárias
Bastante desnecessárias
Pra esses desocupados.
A loja do BBB

Vendendo só porcaria
Enganando muita gente
Que logo se contagia
Com tanta futilidade

Um mar de vulgaridade
Que nunca terá valia.

Chega de vulgaridade
E apelo sexual.
Não somos só futebol,baixaria e carnaval.

Queremos Educação
E também evolução
No mundo espiritual.

Cadê a cidadania
Dos nossos educadores
Dos alunos, dos políticos
Poetas, trabalhadores?

Seremos sempre enganados
e vamos ficar calados diante de enganadores?

Barreto termina assim
Alertando ao Bial:
Reveja logo esse equívoco
Reaja à força do mal…
Eleve o seu coração
Tomando uma decisão
Ou então: siga, animal…

FIMSalvador, 16 de janeiro de 2010.